PUBLICIDADE

Ferroviária perde nos pênaltis e, após campanha histórica, deixa escapar o acesso à Série C

Locomotiva empatou com o Atlético-CE nos dois jogos das quartas de final e perdeu por 4 a 3 nas penalidades

17 out 2021 17h58
ver comentários
Publicidade

A Ferroviária não avançou à semifinal da Série D neste domingo (17) e deixou escapar o primeiro acesso à Série C de sua história. A equipe foi derrotada pelo Atlético-CE nos pênaltis, após empatar em 0 a 0 no tempo normal na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (São Paulo). O duelo terminou 1 a 1 na soma das partidas, placar do primeiro jogo, disputado no Ceará.

Técnico Elano Blumer conversa com seus jogadores durante a partida (Foto: Divulgação / Ferroviária)
Técnico Elano Blumer conversa com seus jogadores durante a partida (Foto: Divulgação / Ferroviária)
Foto: Lance!

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio, enquanto no segundo a Ferroviária tomou a iniciativa do jogo, atacou e pressionou mais o Atlético-CE, que apostava nos contra-ataques. Porém, apesar de ameaçar mais o gol adversário, a Locomotiva foi bem neutralizada e não conseguiu criar muitas chances claras.

Nos pênaltis, o goleiro Carlão, do Atlético-CE, foi um dos personagens. Ele defendeu quatro cobranças e quando a equipe estava em vantagem, desperdiçou uma e perdeu, momentaneamente, a chance de classificar o Atlético. Saulo, goleiro da Ferroviária, pegou três batidas porém, nas cobranças alternadas, Marquinhos perdeu a última e a Locomotiva acabou eliminada.

Apesar da eliminação, com o empate no tempo normal a equipe de Araraquara, treinada por Elano Blumer, ficou 19 jogos consecutivos sem perder, a maior invencibilidade da história da Ferroviária e da Série D. Além disso, a equipe teve a segunda melhor campanha geral da primeira fase do torneio.

Por outro lado, O Atlético-CE garantiu a vaga para a Série C pela primeira vez em sua história e enfrentará o Campinense nas semifinais da Série D.

Lance!
Publicidade
Publicidade