0

Sem "pivôs" de confusão, Vitória relaciona 23 jogadores para Ba-Vi

31 mar 2018
16h42
atualizado às 16h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Desde o dia 18 de fevereiro, o clássico entre Bahia e Vitória é lembrado pela confusão generalizada que culminou em nove expulsões e triunfo do Esquadrão de Aço no tribunal, após a partida não ser encerrada dentro de campo. Mais de um mês depois, as duas equipes voltam a se enfrentar pela decisão do Campeonato Baiano e Vágner Mancini ainda tem desfalques por conta do encontro recente.

Diferentemente do que vinha fazendo, o treinador do Vitória optou por não relacionar os atletas envolvidos na confusão a fim de tentar um efeito suspensivo que permitisse a entrada em campo. Dessa forma, André Lima, por conta de uma lesão, Yago, Kanu e Denílson, pela punição, não estarão à disposição para o jogo marcado para Arena Fonte Nova. Quem também não fica à beira do gramado é Mancini.

Nem só de desfalques também irá o Leão para o Ba-Vi. Ausente dos últimos três jogos por uma lesão na coxa, o goleiro Fernando Miguel retorna à meta e deve voltar a utilizar a faixa de capitão. Vale relembrar que o arqueiro foi quem deu o início a toda a confusão no clássico anterior, mas acabou absolvido. Entre seus companheiros, Kanu pegou 11 jogos, enquanto Yago e Denílson oito jogos de "gancho".

Pela melhor campanha na primeira fase, o Vitória leva vantagem sobre o rival e joga a decisão por dois resultados iguais.

Confira a lista dos relacionados:

Goleiros: Fernando Miguel, Ronaldo e Caíque;

Laterais: Juninho, Lucas e Pedro Botelho;

Zagueiros: Bruno, Walisson Maia, Ramon;

Volantes: Rodrigo Andrade, Uillian Correia, Willian Farias, José Welison, Fillipe Soutto e Lucas Marques;

Meias: Alexander Baumjohann, Cleiton Xavier, Jhemerson, Guilherme Costa e Nickson;

Atacantes: Neílton, Luan e Jonatas Belusso.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade