PUBLICIDADE

Após insultos, Anelka é oficialmente cortado e está fora da Copa

19 jun 2010 12h14
| atualizado às 14h08
Publicidade

O atacante francês Nicolas Anelka, que insultou o técnico Raymond Domenech durante o intervalo da partida entre França e México, foi cortado da equipe que disputa a Copa do Mundo da África do Sul, informou neste sábado a Federação Francesa de Futebol (FFF).

O presidente da entidade, Jean-Pierre Escalettes, pediu ao jogador que se desculpasse com o treinador, mas Anelka se recusou. Com isso - e com o aval da comissão técnica -, em comunicado, a FFF divulgou que o atleta do Chelsea deixará a concentração da equipe neste sábado.

O incidente aconteceu no intervalo da partida entre França e México, vencida pelos sul-americanos por 2 a 0. Nos vestiários, Anelka insultou o treinador, após uma suposta discussão acerca do posicionamento do atacante em campo.

"As palavras ditas por Nicolas Anelka para o técnico da seleção, Raymond Domenech, são completamente inaceitáveis para a Federação Francesa de Futebol, ao futebol francês e aos valores por eles defendidos", diz, ainda, a nota da FFF.

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, havia afirmado neste sábado, em São Petersburgo, que, caso os insultos do atacante ao treinador, que haviam sido noticiados pela imprensa francesa, fossem confirmados, representariam uma atitude inaceitável de Anelka.

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa

Domenech faz reunião com os jogadores franceses antes do treino deste sábado
Domenech faz reunião com os jogadores franceses antes do treino deste sábado
Foto: AP
Fonte: Terra
Publicidade