0

Copa América

E agora, Dunga? Gol de Firmino contra Honduras cria dúvida

Edison Vara / Reuters
10 jun 2015
23h54
atualizado em 11/6/2015 às 08h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Quem você prefere no ataque da Seleção Brasileira: Diego Tardelli ou Roberto Firmino? Os dois jogadores têm tido boas atuações, aproveitado suas oportunidades e feito gols. Mas agora vai começar a Copa América, então Dunga precisa escolher apenas um para ser titular. O gol de Firmino, na vitória contra Honduras por 1 a 0, nesta quarta-feira, criou essa boa "dor de cabeça" para Dunga.

A dúvida começou a surgir no jogo contra a Áustria, no ano passado. Até então, Diego Tardelli era o titular absoluto do Brasil, acumulando inclusive uma ótima atuação contra a Argentina, em que fez dois gols. Porém, Firmino saiu do banco de reservas e decidiu um jogo difícil diante dos austríacos.

"Sombra" de Firmino preocupa Tardelli por titularidade

No início deste ano, com Diego Tardelli lesionado, Dunga apostou novamente em Firmino no comando do ataque. Ele foi titular contra a França e teve uma atuação razoável. Depois, contra o Chile, saiu do banco e novamente fez o gol decisivo. Agora a história se repetiu contra Honduras.

A comparação entre os dois jogadores é simples de entender: Firmino é mais meia do que centroavante. Tardelli é mais centroavante do que meia. O primeiro costuma recuar e mostrar que tem uma boa visão de jogo, além da capacidade de finalização. Já o outro sabe fazer jogadas de pivô, tem um posicionamento melhor na área e, quando sai, procura os lados do campo.

Apesar das diferenças, ambos criaram o grande diferencial da Seleção de Dunga em comparação com aquela que disputou a Copa do Mundo: o time é mais móvel e veloz no ataque, com quatro jogadores alternando posições frequentemente. Isso não vai mudar, seja com Firmino ou Tardelli, o que só aumenta a dúvida. E agora, Dunga?

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade