PUBLICIDADE

Tite confirma Neymar e mesma escalação da estreia

Técnico afirma que camisa 10 segue em evolução após longo período parado e admite que ansiedade já passou

21 jun 2018 10h26
| atualizado às 10h38
ver comentários
Publicidade

A partida diante da Costa Rica, às 9h (de Brasília) desta sexta-feira, em São Petersburgo, será vital para o Brasil não se embolar no Grupo E. Para o encontro importante, válido pela segunda rodada da chave, o técnico Tite confirmou que Neymar estará em campo.

(Foto: Pedro Martins / MoWA Press)
(Foto: Pedro Martins / MoWA Press)
Foto: Lance!

Durante a coletiva de imprensa realizada antes do treino no gramado do local da partida, Tite destacou que o jogador do PSG está em evolução após o longo tempo que ficou em inatividade, devido a operação no quinto metatarso do pé direito.

"O Neymar não teve defasagem física por conta do último jogo. Ele acabou trazendo as pancadas que levou no tornozelo direito. Mas ele fez contra a Suíça o primeiro jogo completo. Precisa de cinco jogos, no mínimo, para voltar a sua condição normal. Ele já acelerou demais esse processo. É humano", destacou o comandante da Seleção, ratificando que o jogador não está sendo colocado no sacrifício diante do caráter decisivo do encontro com a Costa Rica.

"Mesmo se não fosse um jogo de Copa do Mundo ele estaria jogando. Não posso cobrar o preço da saúde do jogador. Posso pagar o preço por uma escolha. Mas jamais iria sacrificar alguém com esse sentido", disse.

Tite não fez mistério e confirmou que o time para o jogo desta sexta-feira será o mesmo da estreia diante da Suíça. O comandante da Seleção garantiu que ele e o próprio grupo estão tranquilos após realizarem o primeiro jogo na Rússia.

"O empate na estreia nos deu obrigou a condição de jogar bem e, como consequência, vencer. Esse é um jogo decisivo também. A expectativa pela Copa já passou. Eu também tinha ela no primeiro jogo, mas posso garantir que o grupo e eu, que sou humano, estou muito mais sereno para esse jogo", disse.

Com isso, a Seleção estará escalada com Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Willian, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus. O Brasil tem um ponto no Grupo E, liderado pela Sérvia, com três.

OUTROS PONTOS DA COLETIVA DE TITE

Papo para Neymar ser mais coletivo?
Não existiu nenhuma conversa pessoal com o Neymar nesse sentido. Todos aqui sabem das responsabilidades que possuem neste quesito. Mas no último terço do campo eu não posso tirar a capacidade de um cara como o Neymar partir para dentro, tentar o drible. Isso é a essência do futebol brasileiro.

Thiago Silva capitão
Se fosse punir quem estava na última Copa seria terra arrasada agora e não teríamos a base que construímos aqui. A vida não é desta maneira. Coloquei uma relação de atletas importantes dentro do grupo com essa característica para ser capitão. E o Thiago tem essa maturidade e experiência na questão do rodízio. É um jogador que sabe a responsabilidade que carrega.

VAR
O que eu tinha para falar sobre essa tema já foi dito. O principal agora é melhorar a nossa performance. Saber que o que foi feito na defesa precisa seguir e melhorarmos na hora de concretizar as nossas oportunidades criadas. Não quero tirar vantagem para vencer, e sim merecer.

Veja também

Neymar mostra torcida do filho para jogo na Copa: 'Pai, vai dar tudo certo':

 

Lance!
Publicidade
Publicidade