0
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Antes de jogo, torcida do Brasil vaia Elias e confunde Fred

7 jun 2015
17h27
atualizado em 8/6/2015 às 02h22
  • separator
  • 0
  • comentários

Antes do jogo da Seleção Brasileira contra o México, neste domingo, as reações dos torcedores foram curiosas. Durante o anúncio da escalação, eles vaiaram bastante o técnico Dunga e também o volante Elias. E a maior curiosidade é que a torcida confundiu o meio-campista Fred com o centroavante do Fluminense e também vaiou o jogador.

Fred recebeu chance surpreendente como titular do Brasil
Fred recebeu chance surpreendente como titular do Brasil
Foto: Miguel Schincariol / AFP

As vaias ao corintianos são justificáveis, já que Elias estava no estádio do Palmeiras, o Allianz Parque. Ainda que corintianos e são-paulinos também tenham comparecido, inclusive com as camisetas dos clubes, a maioria era palmeirense na arena.

As vaias a Dunga chamam atenção porque o técnico vive boa fase na Seleção, com oito vitórias em oito jogos amistosos. Mas pelo visto a torcida não esqueceu a eliminação na Copa de 2010, quando ele também era o técnico.

Já a confusão com Fred acontece porque o jogador é pouco conhecido no Brasil. Foi revelado no Inter em 2012, mas no ano seguinte passou a jogar pelo Shakhtar Donetsk. Ele sequer tinha sido convocado para a Copa América, mas substituiu o cortado Luiz Gustavo e já recebeu a chance como titular neste domingo. Ele tem jogado como volante na Ucrânia, começou atuando como meia contra o México e não tem qualquer característica para ser centroavante, como o xará.

Quando a bola rolou, a torcida protagonizou outro momento curioso: passou a vaiar o time já aos 25min do primeiro tempo, por causa de um momento no qual os jogadores tocaram a bola lentamente na defesa. Então vieram algumas reações diferentes, de outros torcedores, sendo que alguns até cantaram "vamos ganhar, porco", uma música clássica dos palmeirenses. O que calou todas essas manifestações foi o gol de Philippe Coutinho, aos 27min, levando a torcida ao delírio.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade