1 evento ao vivo
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Torcida tenta animar Seleção sem apoio de CBF e brasileiros

7 jun 2015
15h52
atualizado às 17h59
  • separator
  • comentários

A torcida brasileira tem uma relação complicada com a Seleção. Nem sempre mostra apoio e, quando o faz, tem pouca criatividade ou empolgação. Mas desde a Copa do Mundo, alguns grupos tentam mudar isso. E eles estão presentes mais uma vez neste domingo, no amistoso contra o México, em São Paulo, no Allianz Parque. Porém, eles enfrentam dificuldades por falta de apoio, seja da CBF ou dos outros brasileiros.

Torcedor Saulo Mendonça se vestiu de "super-herói" do Brasil
Torcedor Saulo Mendonça se vestiu de "super-herói" do Brasil
Foto: Allan Brito / Terra

Vestido de "super-herói brasileiro", com capa e tudo, Saulo Mendonça, 23 anos, chegou cedo ao estádio e ficou cantando sozinho, por um longo tempo, as diversas músicas que o grupo Movimento Verde-Amarelo criou, como "mil gols, só Pelé" ou "eu quero ver ganhar mais um Mundial". Porém, durante os 30 minutos em que a reportagem do Terra acompanhou o grupo, pouquíssimos brasileiros tentaram acompanhá-lo. Apenas olharam, deram risada, tiraram fotos e filmaram.

"É muito difícil, porque o público da Seleção é diferente, não é de torcer mesmo. Mas essa é minha missão desde a Copa e vamos continuar", contou ele, que levou um novo grito para o jogo deste domingo, no ritmo da música "Lepo Lepo", exaltando que o Brasil é o único pentacampeão mundial.

Saulo inventou novo grito para a torcida, no ritmo do "Lepo-Lepo"
Saulo inventou novo grito para a torcida, no ritmo do "Lepo-Lepo"
Foto: Allan Brito / Terra

Outra dificuldade para Saulo e companhia é a falta de apoio da CBF. Ele estava com amigos que levaram bateria para o estádio, mas disse que eles nunca conseguem entrar com os materiais. "Já tentamos conversar com a CBF, mas nunca, jamais, respondeu com algo positivo". Ele afirma que não guarda mágoas: "em nenhum momento a gente faz protestos. Só queremos o bem da Seleção", assegurou.

Pelo menos o grupo Movimento Verde-Amarelo não está sozinho. Outros três foram montados pelo Brasil e estão em São Paulo para o jogo deste domingo: "Torcida de futebol do Brasil", "Canarinho" e "Gaúchos da Copa". Eles estão unidos, mas têm uma missão muito dura pela frente.

Mexicanos empolgados

Mexicanos comparecem em número pequeno ao Allianz Parque
Mexicanos comparecem em número pequeno ao Allianz Parque
Foto: Allan Brito / Terra

Em menor grupo, mas fazendo tanto barulho quanto os brasileiros, alguns mexicanos chegaram cedo ao estádio. Cerca de 30 pessoas se juntaram na frente da entrada principal do Allianz Parque e cantaram diversas vezes apoiando o México. O clima era de amizade, sem quaisquer confusões.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade