2 eventos ao vivo

Rússia diz que ameaça britânica de boicotar Copa abala laços

12 mar 2018
20h28
atualizado em 13/3/2018 às 07h20
  • separator
  • comentários

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse nesta segunda-feira que as ameaças britânicas de boicotar a Copa do Mundo de 2018 por causa do envenenamento de um ex-agente duplo russo na Inglaterra prejudicariam os laços com Moscou e o esporte mundial, informou a agência de notícias Interfax.

Arena Rostov, uma das sedes da Copa do Mundo, onde a seleção brasileira vai estrear
02/03/2018
REUTERS/Sergei Pivovarov
Arena Rostov, uma das sedes da Copa do Mundo, onde a seleção brasileira vai estrear 02/03/2018 REUTERS/Sergei Pivovarov
Foto: Reuters

A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou nesta segunda-feira ser "altamente provável" que Moscou seja responsável pelo ataque ao ex-espião e algumas autoridades britânicas sugeriram boicotar a Copa do Mundo na Rússia em resposta.

"Queremos enfatizar mais uma vez: tais declarações provocativas, que ventilam a histeria anti-russa, só complicam as relações entre nossos países e são um golpe para o esporte mundial", disse o ministério em comunicado, segundo a Interfax.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade