PUBLICIDADE

Com Neymar confirmado, Felipão escala Brasil com três atacantes ante Coreia

11 out 2013 - 06h52
(atualizado às 21h24)
Ver comentários
Publicidade
<p>Após ficar entre os reservas durante o treinamento de quinta, Hulk voltou à equipe principal e foi confirmado por Felipão entre os titulares</p>
Após ficar entre os reservas durante o treinamento de quinta, Hulk voltou à equipe principal e foi confirmado por Felipão entre os titulares
Foto: Mowa Press / Divulgação

O atacante Neymar está confirmado para o amistoso da Seleção Brasileira neste sábado contra a Coreia do Sul, no Estádio Sang-Am, em Seul, às 20h (horário local, 8h de Brasília). Na véspera da partida, o astro do Barcelona trabalhou com os companheiros de Brasil no local da partida e não apresentou indícios de problemas físicos.

Na quinta-feira, durante treinos no KFA National Football Centre, em Paju (a 60 km de Seul), Neymar sentiu dores no quadril após uma dividida com Hernanes durante o coletivo comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari. O camisa 10 deixou então o gramado antes do fim da atividade, dando lugar a Hulk, e passou a ser cuidado pelo departamento médico, que prometeu uma reavaliação para esta sexta-feira.

Felipão fala sobre escalação da Seleção Brasileira:

Em entrevista no estádio do jogo, Felipão foi breve ao analisar a situação de Neymar: “normal, está bem”. Ao longo do trabalho desta sexta-feira, o treinador utilizou o atacante em jogadas ensaiadas e de bola parada, nos quais ele não apresentou quaisquer limitações.

Ao longo do treino, Felipão também apostou em um time com três atacantes, ao contrário do que fez no treino da quinta-feira em Paju. Assim, sacou Ramires no meio de campo para promover a entrada de Hulk ao lado de Jô e Neymar. O time contra a Coreia do Sul deverá ter Jefferson; Daniel Alves, Dante, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Jô, conforme o próprio técnico admitiu.

Neymar dá passe de calcanhar e "pedala" na frente de volante:

“Em princípio, devo sair com a equipe-base que foi montada para a Copa das Confederações, depois devo fazer as trocas que devem ser necessárias e observar o que devo observar nesses jogos amistosos - não necessariamente pelo jogo, mas pelo que eu quero observar nesses jogos amistosos”, explicou Felipão, admitindo que a entrada de Ramires no decorrer da partida deve ser uma das opções para o jogo deste sábado.

“O Hulk é mais atacante, o Ramires é mais de prender a bola, é mais taticamente equilibrado. Mas ficamos sem uma jogada de um pouco mais de força. É uma coisa que, analisando o adversário, a gente vai iniciar de uma forma”, completou.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade