5 eventos ao vivo

Com 24h de descanso, Inter vira sobre Criciúma e segue 100%

23 fev 2017
23h31
atualizado às 23h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Com uma reta final eletrizante e em uma maratona exaustante de jogos, o Internacional bateu o Criciúma por 3 a 1, de virada, nesta quinta-feira, em jogo pela terceira rodada da Primeira Liga. O time colorado perdia até os 26 minutos do primeiro, mas Claudio Winck, Andrigo e Diego balançaram as redes e decretaram a virada. Flávio havia aberto o placar para o Tigre.

Foto: Guilherme Hahn/Agif / Gazeta Press

As duas equipes entraram em campo na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, e, com menos de 24 horas entre um jogo e outro, entraram com formações reservas. O Criciúma superou o Altos, do Piauí, nos pênaltis por 4 a 3 após empate em 2 a 2 no tempo normal. Já o Inter goleou o Oeste por 4 a 1.

Nesta quinta-feira, o jogo foi morno durante quase toda a primeira etapa, até que Flávio abriu o placar para o Criciúma, aos 42 minutos. Carlos Eduardo recebeu na área e chutou forte, a bola bateu na trave e, no rebote, Flávio chutou sem chances para Marcelo Lomba.

A segundo tempo, no entanto, foi bem mais emocionante. O Criciúma administrava bem o jogo até a metade da etapa final, quando Nino fez falta em Claudio Winck, recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

Foto: Guilherme Hahn/Agif / Gazeta Press

Quatro minutos depois, o mesmo Claudio Winck foi o responsável pelo empate do Inter. Andrigo cobrou escanteio na cabeça do lateral. Eduardo Babiuk defendeu, mas, no rebote, a bola sobrou para o próprio Winck mandar para as redes.

Dois minutos depois, foi a vez de Andrigo deixar o seu e virar para o Colorado. Após lançamento da esquerda de Neris, o meia cortou o zagueiro e chutou de canhota, sem chances para Eduardo Babiuk.

O Inter se animou e, menos de um minuto depois, fechou o placar. Juan tocou para Diego, que arrancou em velocidade e chutou na saída do goleiro para anotar o terceiro colorado.

Com o resultado, o Inter terminou seu grupo em primeiro lugar com nove pontos e está classificado às quartas de final, que tem não tem adversário definido e está prevista para o dia 29 de agosto. Já o Criciúma terminou sua participação sem pontuar e está eliminado.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 1 x 3 INTERNACIONAL 

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)

Data: 27 de outubro de 2004, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR)

Assistentes: André Luiz Severo  (PR) e Sandra Maria Dawies  (PR)

Cartões amarelos: Lucas, Diogo Mateus e Ianson (CRI); Claudio Winck  (INTER)

Cartão vermelho: Nino (dois amarelos) (CRI); Valdemir (dois amarelos) INTER)

Gols:

CRICIÚMA: Flávio, aos 42 minutos do primeiro tempo

INTERNACIONAL: Claudio Winck, aos 26, Andrigo, aos 30, e Diego, aos 31 minutos da segunda etapa

CRICIÚMA: Eduardo Babiuk; Diogo Mateus, Nino, Ianson e Chico; Lucas (Eduardo), Lucas Bessa e Carlos Eduardo; Matheus (Alan), Flávio (Gabriel Figueiredo)e Kalil

Técnico: Deivid

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Cláudio Winck, Eduardo, Neris e Iago; Eduardo Henrique (Juan), Valdemir, Andrigo (João pedro) e Mossoró; Diego e André

Técnico: Antônio Carlos Zago

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade