PUBLICIDADE

Clubes da Liga Forte União defendem paralisação do Brasileiro

Em nota, os 11 clubes que integram a Liga Forte União, se posicionam de forma favorável à paralisação devido à tragédia no RS

13 mai 2024 - 21h54
(atualizado às 21h54)
Compartilhar
Exibir comentários
Beira-Rio alagado devido as chuvas em Porto Alegre
Beira-Rio alagado devido as chuvas em Porto Alegre
Foto: @sulnalente/Divulgação / Esporte News Mundo

Em comunicado divulgado na noite desta segunda-feira (13), os clubes que integram a Liga Forte União, defendem a paralisação imediata do Campeonato Brasileiro devido à tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul.  

"Nesta segunda-feira, todos os clubes da Liga Forte União na Série A se posicionaram perante o ofício enviado pela Confederação Brasileira de Futebol. De forma unânime e em bloco, todos são a favor da paralisação imediata do Campeonato Brasileiro até a data de 31 de maio de 2024. A paralisação se faz necessária como medida humanitária, consensual e de justiça de competição", afirmou a Liga Forte União nas redes sociais.

Para saber tudo sobre o Campeonato Brasileiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Os integrantes da Liga Forte União são compostos por: Athletico, Atlético-GO, Botafogo, Criciúma, Cruzeiro, Cuiabá, Fluminense, Fortaleza, Internacional, Juventude e Vasco. 

O Ministério do Esporte pediu à CBF a paralisação da competição por tempo indeterminado. A entidade terá uma reunião extraordinária de Conselho Técnico da Série A para o dia 27 de maio para tratar do tema.

Grêmio, Internacional e Juventude enviaram um ofício à CBF solicitando a paralisação do campeonato por até três rodadas. Já Flamengo, Atlético-MG e Palmeiras defendem a continuidade da Série A.

A CBF adiou os jogos dos times gaúchos, em todas as divisões e nas competições masculinas e femininas até o dia 27 de maio. 

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade