0

CBF aceita Liga Sul-Minas-Rio e vai dar suporte para torneio

9 out 2015
11h24
atualizado em 27/1/2016 às 13h12
  • separator
  • 0
  • comentários

Numa reunião de pouco mais de meia hora, na manhã desta sexta-feira, no Rio, o executivo da Liga Sul-Minas-Rio,  Alexandre Kalil, recebeu o aval do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, para o funcionamento da Liga e do torneio interestadual que vai reunir 12 clubes no início de 2016. "Ele me disse: 'estamos juntos nessa'. Foi um encontro amistoso", disse Kalil, em entrevista ao Terra.

Kalil e Del Nero agendaram para a próxima quinta-feira uma nova reunião na sede da CBF, de caráter técnico, para a estruturação do torneio. "Vão colocar à nossa disposição os departamentos jurídico e técnico, e o setor de arbitragem da entidade".

Alexandre Kalil, executivo da Liga, diz que torneio foi "abençoado" pela CBF
Alexandre Kalil, executivo da Liga, diz que torneio foi "abençoado" pela CBF
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG / Divulgação

De acordo com Kalil, Del Nero estava solicito e se mostrou muito disposto a apoiar o movimento dos clubes. "O torneio vai ser subordinado à CBF,  assim como já acontece com a Copa do Nordeste e a Copa Verde. Fiquei muito satisfeito. A CBF vai caminhar conosco. A liga e o torneio foram abençoados hoje", declarou o executivo, reiterando que tudo seria mantido mesmo que a CBF não desse apoio.

"Já estava definido. O produto está na rua. E não tinha como voltar atrás.  Eu vim à CBF só para saber se íamos seguir juntos. Com a palavra do presidente, agora fica mais fácil concretizar tudo, com o suporte da CBF".

Kalil expôs a Del Nero o resultado de reunião dos componentes da Liga, na quinta, em Curitiba, na qual definiram que a primeira edição do torneio será disputado por 12 clubes, em três grupos de quatro, e com apenas cinco datas. Classificam-se para as semifinais o primeiro de cada chave e o segundo melhor, por índice técnico. As semifinais e a final serão disputadas em jogo único.

"Falamos para ele que nesse início o torneio tinha de ser enxuto para não atravessar o calendário.  O presidente se comprometeu a ajustar o calendário nacional para 2017 a fim de fazermos uma competição mais ampla".

Flamengo, Fluminense, Coritiba, Atlético-PR, Cruzeiro,  Atlético-MG, Internacional, Grêmio, Figueirense e Avai  já estão definidos na competição. As outras duas vagas devem ficar com América-MG e Chapecoense.

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade