PUBLICIDADE

Ex-Corinthians marca, mas Ceará cede empate à Ponte Preta pela Série B do Brasileiro

20 ago 2023 - 20h09
(atualizado às 20h12)
Compartilhar
Exibir comentários

Na noite deste domingo, Ceará e Ponte Preta se enfrentaram no encerramento da 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na Arena Castelão, na capital cearense, e empataram por 1 a 1. O atacante Chrystian Barletta, ex-Corinthians, abriu o placar para os donos da casa, mas Eliel deixou tudo igual.

Foto: Felipe Santos / Ceará / Gazeta Esportiva

Assim, o Vozão amarga sequência com apenas uma vitória nas últimas seis partidas. Com isso, permanece na décima colocação, com 34 pontos - está oito atrás do G4 e 12 à frente do Z4.

Do mesmo modo, a Macaca acumula apenas um triunfo nos últimos oito compromissos. Na 14ª posição, com 28 unidades, a equipe de Campinas, portanto, desperdiça chance de se distanciar ainda mais da zona do rebaixamento - a Chapecoense, 17ª colocada, soma 22 tentos.

Pela próxima rodada, portanto, o Ceará visita o Tombense, às 17 horas (de Brasília) de sábado (26), no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé (MG). Na noite de sexta-feira, a Ponte Preta recebe o Londrina, a partir das 19 horas, no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

O jogo entre Ceará e Ponte Preta

Mesmo longe de seus domínios, a Ponte Preta criou as primeiras jogadas perigosas da partida. Logo no primeiro minuto, Paulo Baya mandou uma bomba da entrada da área e obrigou defesa do goleiro Bruno Ferreira. Aos quatro, Eliel se antecipou à marcação dentro da área, colocou na frente, mas bateu por cima da meta.

O Ceará assustou o adversário pela primeira vez aos 31 minutos. Após desarme na saída de bola da Macaca, Saulo Mineiro recebeu na entrada da área e finalizou com firmeza. No entanto, Caíque França foi buscar no canto e impediu o gol.

Na volta do intervalo, o Vozão conseguiu abrir o placar ainda antes do relógio bater o minuto um. Chrystian Barletta recebeu na ponta direita, cortou para o meio e bateu com categoria, no ângulo contrário, encobrindo Caíque França e anotando um golaço no Castelão. A bola ainda bateu na trave antes de morrer no fundo da rede.

Aos 18, o Ceará marcou o segundo. Jean Carlos cobrou escanteio, Saulo Mineiro divide com Caíque França no alto e aproveitou a sobra para empurrar para o gol. Entretanto, após análise no monitor do VAR, o árbitro anulou o tento por um toque de mão do atacante cearense na jogada.

Cinco minutos mais tarde, a Ponte Preta chegou ao empate. Paulo Baya arriscou e Bruno Ferreira deu rebote. Eliel estava atento ao lance e cabeceou para deixar tudo igual. Aos 26, Igor Torres recebeu de frente para o goleiro cearense, que fez a defesa para impedir a virada da Macaca.

Por fim, o Ceará até criou chances para sair vitorioso, mas não conseguiu aproveitá-las. Aos 30, Cléber recebeu cruzamento quase na pequena área, mas errou o alvo. Já aos 43 minutos, Erick dominou na entrada da área, limpou a marcação e chutou colocado, porém, Caíque França saltou e espalmou com a ponta dos dedos. Aos 48, a Ponte ficou com um a menos após expulsão do lateral Artur, que levou o segundo amarelo após falta em Warley.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade