PUBLICIDADE

Com chances para os dois lados, Ponte Preta e Sampaio Corrêa não saem do zero pela Série B

9 set 2023 - 19h11
(atualizado às 21h08)
Compartilhar
Exibir comentários

A Ponte Preta recebeu o Sampaio Corrêa neste sábado, no Moisés Lucarelli, pela Série B do Campeonato Brasileiro, e a partida terminou empatada sem gols: 0 a 0.

Foto: Marcos Ribolli/PontePress / Gazeta Esportiva

O resultado foi melhor para os maranhenses, que com o ponto somado subiram para a 15ª colocação com 27 pontos e deixaram a zona de rebaixamento. Já os paulistas permaneceram em 14º e foram aos 32. No entanto, os confrontos pendentes desta rodada podem mudar a situação da tabela.

Na próxima rodada, a Ponte visita o Vila Nova no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, chamado popularmente de OBA, na próxima sexta-feira, às 19 horas (de Brasília). Já o Sampaio joga no Castelão com a Chapecoense no sábado, às 17 horas.

Por falta de capricho, Ponte e Sampaio ficam zerados

O placar de 0 a 0 não refletiu exatamente o que aconteceu dentro das quatro linhas. Após um primeiro tempo bastante abaixo de ambas as equipes, as alterações melhoraram a qualidade da partida e tanto a Macaca quanto o Paiô poderiam ter saído com a vitória. Faltou, principalmente, capricho no último passe e nas finalizações.

O começo do primeiro tempo foi marcado por um número excessivo de faltas, o que truncou um pouco o jogo nos primeiros minutos. A primeira boa chegada da partida aconteceu só aos 21, quando Léo Naldi disparou em contra-ataque, fez jogada individual e serviu Igor Torres, que finalizou de dentro da área, mas foi bloqueado pelo defensor. Nos minutos finais, o time maranhense também teve uma boa oportunidade com Rafael Jansen após cabeceio que passou ao lado da trave do goleiro Caíque França.

Na segunda etapa, a Ponte começou mais ligada e teve uma finalização perigosa de Léo Naldi no primeiro minuto. Porém, o Sampaio chegou com mais perigo ainda na cobrança de escanteio de Neto Paraíba. A bola cruzou a área e chegou nos pés de Alyson, que chutou cruzado e por muito pouco não abriu o placar. O estreante colombiano Paul Villero chegou com perigo, mas não conseguiu balançar as redes.

A Macaca esteve mais em cima, mas o time maranhense desperdiçou outra grande oportunidade de ficar à frente no placar com uma finalização que passou muito perto do gol alvinegro e, novamente, por detalhe os visitantes não abriram o marcador. Aos 37, o lateral-esquerdo Artur fez um cruzamento que foi em direção à meta adversária e a bola raspou no travessão, quase surpreendendo o goleiro Thiago Braga.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade