0

Tiago Nunes diz que gosta mais de ver o Athletico jogar bem do que só vencer

10 jun 2019
21h00
atualizado às 21h52
  • separator
  • 0
  • comentários

Treinador vê o Furacão no caminho certo (Miguel Locatelli/CAP)

O Athletico Paranaense segue sem sua esperada vitória fora de casa e, no final de semana, com a derrota para o Palmeiras, ainda não atingiu seu objetivo de melhorar na classificação do Campeonato Brasileiro antes da parada da Copa América. A última chance para conseguir ambos simultaneamente será na quinta-feira, diante do Goiás. O técnico Tiago Nunes elogiou o desempenho do Furacão, que conseguiu equilibrar as ações diante do líder da competição.

"A gente fez uma boa partida, é inegável, diante de uma equipe comandada pelo Felipão, de quem sou muito fã. E fizemos um jogo de igual para igual. E isso gera confiança para o que a gente quer para a equipe", disse o treinador, que isentou o lateral Márcio Azevedo pelo pênalti que deu origem ao gol paulista. "Futebol também é feito de lances individuais. Não dá para culpar o Márcio. Em qualquer momento do jogo alguém pode falhar", emendou.

O comandante rubro-negro destacou que o time, apesar da derrota, mostrou um bom futebol, algo que busca sempre em seu time, tecendo uma crítica ao futebol de resultados. "Nós somos um país que gosta pouco de futebol, gosta de vencer. Eu gosto de jogar bem. E estamos no caminho certo para enfrentar as principais equipes do Brasil", avaliou.

Tiago ainda lembrou que não levou a campo um time reserva, apenas poupou quem estava realmente desgastado, e sinalizou que deve contar com força máxima diante do Goiás. "Viemos de uma sequência de jogos, só tiramos quem realmente não estava em condições. Não é momento para poupar ninguém", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade