0

Jardine barra Jucilei do time titular e cobra elenco em treino do São Paulo

29 nov 2018
12h49
atualizado às 14h28
  • separator
  • 0
  • comentários

Em treino realizado na manhã desta quinta-feira, o técnico André Jardine, do São Paulo, barrou Jucilei do time titular que enfrentará a Chapecoense no próximo domingo, na Arena Condá, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro.

Em sua primeira atividade tática aberta à imprensa, Jardine armou assim a equipe titular: Jean; Araruna, Arboleda, Bruno Alves e Edimar; Hudson, Liziero e Nenê; Helinho, Everton e Diego Souza.

A equipe reserva, por sua vez, foi formada por Sidão; Tuta, Rodrigo Caio, Anderson Martins e Caíque; Jucilei, Rodrigo e Shaylon; Igor Gomes, Everton Felipe e Brenner. Após o treino, Jardine conversou em particular com Jucilei e o abraçou.

Durante a atividade, Jardine fez várias paralisações para instruir os atletas quanto à parte tática. Um dos pedidos era o lançamento em diagonal para Everton na esquerda e a ultrapassagem do lateral. Ele também testou Caíque na vaga de Edimar, que retomou a posição no final do treino.

A cada acerto, o técnico fazia questão de elogiar. Mas cobranças fortes também aconteceram. Na parte defensiva, a exigência era para os zagueiros saírem da área para ajudar os volantes na marcação pressão.

"Vamos trabalhar, cambada! Nada vem de graça. Tem que gostar de defender", berrou Jardine. Também gritou "vamos dar o sangue, porque nada vem de graça" para incentivar os atletas.

Recuperado de uma fadiga muscular que o tirou do jogo contra o Sport, o capitão Hudson voltou à equipe. Enquanto Liziero, destaque do time no empate sem gols, foi mantido no meio-campo  e ganhou a vaga de Jucilei.

Reinaldo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, não viajará a Chapecó. Assim como Bruno Peres (estiramento na coxa esquerda), Luan (entorse no tornozelo direito), Gonzalo Carneiro (estiramento na coxa direita) e Joao Rojas (cirurgia no joelho direito). Tréllez (entorse no tornozelo esquerdo) não treinou novamente e também não deverá jogar.

Em busca de uma vaga direta na Copa Libertadores de 2019, o São Paulo ocupa o quinto lugar do Brasileirão, com os mesmos 63 pontos do quarto colocado Grêmio, que tem uma vitória a mais (17 a 16). Para ingressar no G4, os paulistas precisam de um tropeço dos gaúchos, que recebem o Corinthians em Porto Alegre.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade