PUBLICIDADE

Corinthians, Palmeiras e São Paulo se manifestam a favor de mudanças na Lei Pelé

6 jul 2022 - 19h19
Ver comentários
Publicidade

Corinthians, Palmeiras e São Paulo se posicionaram, na tarde desta quarta-feira, a favor das mudanças na Lei Pelé (Lei Geral do Esporte), que teve trâmite aprovado nesta tarde na Câmara dos Deputados por meio do projeto de lei número 1153/2019, de autoria do deputado Felipe Carreiras (PSB-PE). Agora, o texto irá para aprovação do Senado.

Os clubes paulistas escreveram que apoiam "o aperfeiçoamento e a modernização na Legislação Desportiva Nacional, por meio da relatoria do Deputado Felipe Carreras do projeto de lei 1153/2019. A proposta não retira nenhum direito trabalhista!".

Além deles, outros times fizeram o mesmo, como Flamengo, Fluminense, Atlético-MG e Ceará. Logo após ter publicado o texto, jogadores do Vozão se posicionaram contra o movimento do próprio clube por meio da hashtag #naopaoiamos. O clube cearense apagou a postagem.

O projeto em questão visa modernizar alguns pontos da Lei Pelé, que é a legislação instituidora de normas do esporte em território brasileiro. Por impactar diretamente na vida dos atletas, muitos estão se colocando contra essas mudanças. Na Câmara, porém, a votação passou fácil, com 398 votos a favor e 13 contra.

Entre os pontos discutidos estão mudanças no valor da rescisão a ser pago pelo clube ao jogador (atualmente é 100% do valor estipulado em contrato); alteração no valor assegurado no uso de imagem dos atletas e regulamentação de profissões ligadas às práticas esportivas, além de mudanças nas infraestruturas dos clubes.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade