2 eventos ao vivo

CBF rejeita pedido do Inter de usar o VAR nas últimas rodadas do Brasileirão

6 nov 2018
17h20
atualizado às 17h20
  • separator
  • comentários

Em reunião realizada na tarde desta terça-feira, a CBF informou que não pretende implantar o uso do VAR nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro de 2018. Esse pedido foi feito pelo Internacional através do seu presidente, Marcelo Medeiros. Segundo o mandatário, a entidade está analisando a possibilidade de usar a tecnologia na próxima temporada.

"No entendimento da CBF por uma questão de respeito à regra do campeonato, não se vê como implantar o árbitro de vídeo agora. Mas a CBF recebe a proposta que o Inter capitaneou, com firmação de outros clubes, de estudar para que possa dar um passo em um futuro próximo com a ferramenta", comentou.

Após a vitória sobre o Atlético-PR, a direção do Internacional tinha dito que contava com a assinatura de 18 clubes da Série A para a utilização do recurso eletrônico. Entretanto Medeiros disse hoje que houve uma queda desses apoios para 15 clubes.

"Internacional está amparado com mais 14 clubes que, da mesma maneira que nós, pedimos o apoio à arbitragem brasileira, ela está sob muita pressão com uma dezena de imagens. O jogo do campo é diferente do da televisão. Fizemos uma proposta para encontrar soluções e utilizar o VAR nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. A proposta foi muito bem recebida com a promessa de ser estudada, mas a entidade vê dificuldades técnicas na implantação do VAR para todos os jogos das seis rodadas neste momento. Na verdade foi o seguinte. Após o jogo contra o Vasco, alguns clubes nos procuraram para dizer que aprovavam a ideia do Inter. Procuramos e conversamos com os 20 clubes, recebemos documentação firmando conosco de 15 clubes. Conversamos com outros tantos, alguns não concordaram, mas a grande maioria se mostra preocupada para trabalhar pelo melhor caminho para a arbitragem brasileira", finalizou o dirigente.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade