PUBLICIDADE

Brasileiro Série A

Botafogo, no apagar das luzes, empata com o Athletico-PR e mantém a ponta

Furacão vem ao Rio para retomar o topo da tabela diante de um Alvinegro que não jogou absolutamente nada. Mas justiça não existe no futebol

19 jun 2024 - 21h06
(atualizado às 21h08)
Compartilhar
Exibir comentários
Botafogo de Júnior Santos entra em marcha lenta e quase é atropelado em casa –
Botafogo de Júnior Santos entra em marcha lenta e quase é atropelado em casa –
Foto: Vitor Silva/Botafogo / Jogada10

A morte, os impostos e a decepção que o Botafogo causa no seu torcedor são causas naturais da vida. No entanto, em relação ao terceiro item, às vezes, aparece um herói para mudar o curso das coisas.

Nesta quarta-feira, 19, em pleno Estádio Nilton Santos, o então líder do Campeonato Brasileiro entregaria, de mãos beijadas, a ponta ao Athletico-PR se não fosse Bastos, zagueiro-artilheiro que, no último lance, decretou o empate por 1 a 1.

Primeiro tempo

Há times que são um verdadeiro tormento para o Botafogo, mesmo com times, tecnicamente, inferiores. O Goiás é um deles. Mas não está na Primeira Divisão em 2024. Nesta edição, este papel ficou para o Athletico-PR, pedra no sapato desde o ano passado. Assim, o Furacão armou um esquema tático que neutralizou as principais armas do Glorioso na primeira etapa, principalmente, Júnior Santos, que não teve espaço para mandar para o gol. O time visitante, por sua vez, assustou em velocidade.

Segundo tempo

O Athletico manteve sua estratégia e dominou o meio de campo, onde tudo acontecia no Colosso do Subúrbio. No início, ao se aventurar no ataque, ainda calou o Nilton Santos. Matriani se antecipou a Bastos e abriu o placar, em cruzamento que a defesa local deu mole. Na sequência, Cuello, sozinho, faria o segundo se John, com os pés, não salvasse o Botafogo. Não havia meio de o time da casa furar o bloqueio da defesa rubro-negra. Até Bastos  vestir a capa de Super-Homem e, de cabeça, deixar tudo igual. Não há justiça no futebol.

BOTAFOGO 1×1 ATHLETICO-PR

Décima rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data e hora: 19/6/2024, às 19h (de Brasília)

Gols: Mastriani, 9'/2ºT (0-1); Bastos, 52'/2ºT (1-1)

BOTAFOGO: John, Suárez (Yarlen, 24'/2ºT), Bastos, Halter e Cuibano; Barbosa (Luiz Henrique, 9'/2ºT), Freitas (Gregore, 38'/2ºT), Tchê Tchê, Eduardo (Hernández, 38'/2ºT) e Romero (Fabiano, 24'/2ºT); Júnior Santos. Técnico: Artur Jorge

ATHLETICO-PR: Linck; Godoy, Rocha, Heleno e Esquivel (Gamarra, 38'/2ºT); Fernandinho, Erick e Christian (Zé Vítor, 44'/2ºT); Nikão (Santana, 44'/2ºT), Cuello (Julimar, 24'/2ºT) e Mastriani (Pablo, 38'/2ºT). Técnico: Daniel Cerqueira.

Árbitro: Ramon Abatti Abel (Fifa-SC)

Auxiliares: Alex dos Santos (SC) e Gizeli Casaril (SC)

VAR: Igor Junior Benevenuto (Fifa-MG)

Cartão Amarelo: Erick, Esquivel, Christian, Pablo, Santana (CAP)

Cartão Vermelho:

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade