PUBLICIDADE

Bayern vence Chelsea nos pênaltis e conquista Supercopa da Europa

30 ago 2013 - 19h52
(atualizado às 21h23)
Publicidade

O Bayern de Munique sagrou-se campeão da Supercopa da Europa, nesta sexta-feira em Praga, ao derrotar nos pênaltis o Chelsea após o placar ficar empatado em 2 a 2 na prorrogação e em 1 a 1 no tempo normal.

O clube alemão, que já havia conquistado a 'tríplice' coroa na temporada passada ao levantar os troféus da Liga dos Campeões, da Bundesliga e da Copa da Alemanha, mostrou que ainda não saciou sua fome de títulos.

Os bávaros ainda terão mais uma competição pela frente em dezembro, o Mundial de Clubes, no qual poderão enfrentar o Atlético Mineiro, campeão da Taça Libertadores.

De quebra, os jogadores do Bayern deram o troco da final da Liga dos Campeões, quando justamente perderam nos pênaltis para os 'Blues' em plena Allianz-Arena de Munique.

A partida também marcou o reencontro do técnico espanhol Josep Guardiola, que assumiu o comando do Bayern no início da temporada, com o português José Mourinho, que voltou a treinar o Chelsea depois de uma primeira passagem vitoriosa de 2004 a 2007.

Os dois protagonizaram um rivalidade acirrada de 2010 a 2012 quando estavam à frente de Barcelona e Real Madrid, respectivamente.

"Estou muito feliz por Guardiola. Tenho um ótimo relacionamento com ele. Senti que este era um jogo importante para ele, porque há uma grande rivalidade entre ele e Mourinho", declarou o francês Franck Ribéry grande destaque do Bayern, que foi eleito melhor jogador atuando no continente europeu pela Uefa na última quinta-feira.

Cinco brasileiros começaram a partida como titulares: Oscar, David Luiz e Ramires no Chelsea, além de Dante e Rafinha no Bayern.

O time londrino saiu na frente com um gol marcado pelo espanhol Fernando Torres com apenas oito minutos de bola rolando. A jogada começou com o belga Eden Hazard, que lançou Schurrle pela direita. O alemão cruzou de primeira para Torres, que soltou uma bomba sem chances para o goleiro Neuer.

O francês Franck Ribéry, , deixou tudo igual logo depois do intervalo, aos 2 minutos do segundo tempo, com um chute seco da entrada da área.

Aos 18, Oscar ficou cara a cara com Neuer, mas o goleirão venceu seu duelo com o meia brasileiro.

O jogo ficou mais complicado para o Chelsea aos 42, quando Ramires foi expulso por levar seu segundo cartão amarelo na partida depois de uma entrada dura em Mario Gotze.

Na prorrogação, Hazard fez 2 a 1 para o time londrino ao marcar um golaço 3. O belga recebeu um ótimo passe de David Luiz, fez fila na área ao entortar Lahm e Boateng e colocou seu time na frente com um chute que passou por baixo de Neuer.

O Chelsea já estava com a mão na taça, mas o espanhol Javi Martínez salvou o Bayern ao balançar as redes no último lance da partida ao pegar a sobra de uma bola mal afastada pela zaga adversária.

Na disputa de pênaltis, os brasileiros Oscar e David Luiz não vacilaram, mas o goleiro Neuer garantiu o título dos alemães ao defender a cobrança do jovem belga Lukaku, de 20 anos, que havia entrado em campo poucos minutos antes.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade