PUBLICIDADE

Austrália surpreende e derrota a Argentina no futebol masculino da Olimpíada de Tóquio

Argentinos perdem por 2 a 0, em Sapporo, e decepcionam na estreia pelo Grupo C

22 jul 2021 09h53
| atualizado às 10h08
ver comentários
Publicidade

A seleção da Austrália se superou no futebel e surpreendeu ao derrotar a Argentina por 2 a 0, em Sapporo, na primeira rodada do Grupo C do torneio de futebol masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O jogo foi nesta quinta. Com os três pontos, os australianos lideram a chave, que também registrou o empate sem gols entre Espanha e Egito. O time espanhol foi outro a decepcionar nos Jogos. A Argentina acaba de ganhar a Copa América no Brasil com seu time principal, liderado por Messi, que não está em Tóquio.

O primeiro tempo foi muito bem disputado com as duas equipes procurando o ataque e os gols. Os argentinos tinham mais a iniciativa, mas os australianos mostravam coragem nos contra-ataques. Houve muita correria. Em uma dessas jogadas, a seleção da Oceania atacou pelo lado esquerdo e o cruzamento rápido encontrou Wales, que abriu o placar, aos 13 minutos.

O gol logo no início deixou a partida ainda mais eletrizante e aberta, com várias oportunidades criadas de lado a lado, inclusive com bolas na trave. Tanto a Argentina poderia ter conquistado o empate quanto a Austrália mostrou condições de ter ido para o intervalo com uma vantagem maior.

O problema da Argentina ocorreu nos minutos finais da primeira etapa ainda, quando o lateral-esquerdo Ortega recebeu cartão amarelo e, na sequência, o vermelho. Mas apesar da desvantagem numérica em campo e da bola na trave de Duke antes do primeiro minuto da etapa final, a seleção argentina demonstrou bom desempenho e foi à frente em busca do empate, forçando o arqueiro Glover a fazer pelo menos duas boas defesas.

Com o passar do tempo, a Argentina pareceu sentir a parte física e a Austrália encontrou mais espaços para o contra-ataque. Aos 34, Duke escapou pela esquerda e rolou para a definição com categoria de Duke: 2 a 0. O resultado não complica tanto o time sul-americano na classificação por causa do empate de Espanha e Egito. O time espanhol é tido como um dos mais fortes do Jogos de Tóquio.

ADVERSÁRIOS DO BRASIL

Pelo Grupo D, o mesmo do Brasil, a Costa do Marfim derrotou a Arábia Saudita por 2 a 1. Alamri (contra) e Kessie fizeram para a seleção africana, enquanto Aldawsari descontou para os árabes. Já no Grupo A, o México derrotou a França por 4 a 1, com gols de Carlos Vega, Sebastián Córdova, Uriel Antuna e Eduardo Aguirre. Andre-Pierre Gignac diminuiu a diferença para os franceses. Detalhe: todos os gols foram marcados na etapa final. A França figurava também entre um dos times mais cotados para brigar por medalha em Tóquio. O time principal é o atual campeão do mundo.

Em outra partida desta quinta-feira, a Nova Zelândia surpreendeu ao bater a Coreia do Sul por 1 a 0, com gol de Wood, aos 31 minutos da etapa final, no Ibaraki Kashima Stadium.

Estadão
Publicidade
Publicidade