PUBLICIDADE

Aos 19 anos, Matheus Donelli se prepara psicologicamente para substituir Cássio

Arqueiro titular, um dos jogadores que mais vezes defendeu o time alvinegro, ocupou as traves corintianas nas outras 28 rodadas

27 out 2021 20h29
| atualizado às 20h29
ver comentários
Publicidade

Pela primeira vez nesta edição do Campeonato Brasileiro, após 28 rodadas, Cássio não será o goleiro do Corinthians, segunda-feira, às 21h30, na Neo Química Arena, contra a Chapecoense, por causa do terceiro cartão amarelo recebido diante do Internacional. Matheus Donelli, de 19 anos, vai ter a semana toda para se preparar psicologicamente para substituir um dos líderes da equipe.

Matheus Donelli participou do treino desta quarta-feira, no campo 1 do CT Joaquim Grava, sob orientação dos preparadores Marcelo Carpes e Luiz Fernando dos Santos. A expectativa é de que o 32º atleta utilizado pelo técnico Sylvinho no Brasileirão aproveite a oportunidade, ao enfrentar a equipe lanterna da competição e virtualmente rebaixada, dona de um dos piores ataques (24 gols).

Formado nas categorias de base do Corinthians, Matheus Donelli foi um dos destaques da seleção brasileira, campeã da Copa do Mundo sub-17, em 2019. Com 1,89 metro de altura, o jovem goleiro é frio, apresenta boa colocação e sabe sair do gol nas bolas alçadas na área.

Os jogadores que mais atuaram pelo jogaram até o atual momento pelo Corinthians são todos do setor defensivo: Cássio (28 jogos, com 2.728 minutos), Gil (26 jogos, com 2.528 minutos), Fagner (26 jogos, com.2418 minutos) e Fábio Santos (25 jogos, com 2.444 minutos).

Nas demais posições Sylvinho deverá escalar Cantillo e retirar Gabriel no meio de campo. O zagueiro João Victor, após cumprir suspensão, vai retornar e Raul Gustavo retorna para o banco.

Uma escalação possível para esta partida poderá formar com: Matheus Donelli, Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo, Renato Augusto e Giuliano; Gabriel Pereira, Róger Guedes e Jô (Mosquito, Vitinho ou Adson).

Estadão
Publicidade
Publicidade