1 evento ao vivo

Aniversariante, Chelsea empata com Wolverhampton nos acréscimos pelo Inglês

10 mar 2019
13h13
atualizado às 13h13
  • separator
  • 0
  • comentários

Comemorando seu 104º aniversário, o Chelsea não conseguiu presentear os seus torcedores com a vitória e saiu apenas com o empate no confronto com o Wolverhampton neste domingo, por 1 a 1, no Stamford Bridge, pela 30ª rodada do Campeonato Inglês.

Em partida truncada, os mandantes pouco criaram e viram a equipe visitante aproveitar uma das raras oportunidades de gol da partida para abrir o placar no início da segunda etapa. Aproveitando um contra-ataque, Diogo Jota e Raúl Jiménez tramaram bela tabela que culminou no tento do atacante mexicano.

O empate só chegou nos acréscimos, no talento individual de Hazard, que após passe de Willian, cortou o defensor em direção à meia-lua e bateu com felicidade no canto direito de Rui Patrício, já aos 46 minutos, para deixar tudo igual.

Com o empate, o Chelsea se mantem fora da zona de classificação para os campeonatos europeus, na 6ª colocação com 57 pontos. Já os Wolves aparecem logo atrás, com 44 pontos somados na 7ª posição.

RELEMBRE COMO FOI O JOGO MINUTO A MINUTO 

Briga pela Liga dos Campeões

O empate não ajudou o Chelsea na briga por uma das quatro vagas para a próxima temporada da Liga dos Campeões. Com exceção de Manchester City e Liverpool, que brigam diretamente pelo título, outros quatro grandes lutam pelas últimas duas posições.

Derrotado pelo Southampton no sábado, o Tottenham soma 61 pontos na 3ª colocação, seguido do Manchester United com 58, Arsenal com 57 e Chelsea, que tem a mesma pontuação, mas está atrás no quesito saldo de gols.

Arsenal e United fazem clássico por um lugar no G4, neste domingo, com início às 13h30 (horário de Brasília), em Londres.

O jogo - Após primeiro tempo truncado e sem nenhuma chance de gol, as equipes passaram a criar mais situações na segunda etapa.

Aos 10 minutos do 2º tempo, os visitantes aproveitaram contra-ataque e saíram na frente do placar. Após despachar bola da defesa. o Wolverhampton saiu com perigo nos pés de Rúben Neves, o meia passou para Diogo Jota. O português recebeu a bola no meio-campo e armou tabela com Raúl Jiménez, que acabou saindo na cara do gol. Na hora da finalização, a bola ainda desviou em  e entrou em câmera lenta na meta de Kepa.

Buscando a reação, o Chelsea construiu sua primeira boa chance dois minutos depois do gol. Higuaín arriscou finalização da entrada da área, a bola foi rasteira no canto esquerdo, para boa defesa de Rui Patrício.

Em mais uma tentativa fora da área, Pedro finalizou aos 14 minutos e deu trabalho para o goleiro português dos Wolves, que espalmou para escanteio. Na cobrança, a bola passou com muito perigo na pequena área, mas Higuaín não conseguiu desviar para o gol.

Em busca do empate, Sarri colocou o time para frente com as entradas dos meio-campistas Loftus-Cheek e Hudson-Odoi e do atacante brasileiro Willian. As mexidas, porém, surtiram pouco efeito até os momentos finais da partida.

Sem conseguir entrar na área dos visitantes, foi em mais uma finalização de fora da área que o Chelsea alcançou o gol. Já aos 46 minutos, Willian recebeu na esquerda e tocou para Hazard. O camisa 10 cortou pra a meia-lua e bateu com precisão no canto direito de Rui Patrício. O gol salvador foi o 16º do belga na temporada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade