0

Alex Sandro não se vê em vantagem por jogar com Cristiano Ronaldo

10 set 2018
07h01
atualizado às 07h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Alex Sandro concorreu a uma vaga na Seleção Brasileira que disputou a Copa do Mundo. Na hora da convocação final, o lateral esquerdo acabou sendo preterido por Tite. Passado o Mundial da Rússia, o jogador voltou a ser chamado pelo treinador do Brasil. Além do momento novo na Seleção, Alex Sandro agora tem convivido com Cristiano Ronaldo em seu clube, a Juventus. Independente disso, o brasileiro não acredita que o fato de jogar com o atacante português na Itália lhe traga alguma vantagem para futuras convocações.

"Não. Nada a ver o Cristiano estar na Juventus. Não é isso que vai me trazer para a Seleção. O que vai me trazer é fazer um bom trabalho no clube e, quando eu vir, fazer um ótimo trabalho. Óbvio que o mundo vai estar com mais olhos nos jogos da Juventus, para ver o Cristiano Ronaldo, mas não é isso que vai me trazer para a Seleção", opinou o atleta de 27 anos, sem deixar de enaltecer seu companheiro recém-contratado do Real Madrid.

"Cristiano Ronaldo é um jogador de alta qualidade, onde ele chegar todos vão aprender com ele. Você vê que é um jogador que se ajuda e gosta de ser ajudado, aberto para entender o esquema da equipe, dos companheiros. Jogando com Cristiano Ronaldo, você aprende muito".

Quando questionado sobre o fato de ter tido a experiência de jogar ao lado tanto de Cristiano Ronaldo quanto de Neymar, Alex Sandro evitou apontar o seu favorito, preferiu valorizar as qualidades dos dois atacantes.

Seleção volta ao trabalho sem qualquer pista sobre nova escalação

"Não tem comparações. Excelentes jogadores em suas equipes, em suas Seleções vão fazer a diferença. Óbvio que para mim é muito bom jogar com Cristiano Ronaldo e Neymar. Neymar é mais jovem, conheço o Neymar desde o Santos, é bom ver ele crescendo e ver o que ele se transformou hoje. O Cristiano Ronaldo também trabalha muito, vivendo com ele todos os dias agora pode-se dizer que é incrível como ele trabalho. Sou um privilegiado de poder jogar com os dois", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade