PUBLICIDADE
Logo do Fortaleza

Fortaleza

Favoritar Time

Nos pênaltis, LDU vence Fortaleza e é campeão da Copa Sul-Americana

Após o 1x1 no tempo normal e prorrogação, a partida foi para os pênaltis. João Ricardo defendeu dois, mas Domínguez também e a LDU se sagrou campeã

28 out 2023 - 20h07
(atualizado às 20h07)
Compartilhar
Exibir comentários
Fortaleza e LDU (Photo by Ernesto Ryan/Getty Images)
Fortaleza e LDU (Photo by Ernesto Ryan/Getty Images)
Foto: Esporte News Mundo

LDU derrotou o Fortaleza nos pênaltis na noite deste sábado (28), pela grande final da Copa Sul-Americana de 2023. Após o 1×1 no tempo normal e prorrogação, a partida foi para os pênaltis. João Ricardo defendeu dois, mas Domínguez também e a LDU se sagrou campeã pela segunda vez, após vencer por 4×3 nas penalidades máximas.

Em 2009, os equatorianos superaram outro brasileiro na final, o Fluminense, pra garantir o título da Sul-Americana naquele ano.

O JOGO

O primeiro tempo começou movimentado no meio de campo. As ações foram mais nessa parte do campo em toda a primeira etapa, mais truncado e com pousas finalizações. João Ricardo fez duas boas defesas, uma delas em chute de Martínez. A melhor chance e mais clara de gol que o Fortaleza teve, foi em lance de Lucero, que roubou a bola e tocou para Marinho, o camisa 12 levou até a entrada da área, mas demorou para definir e foi desarmado. Assim, a etapa inicial terminou empatada em 0x0.

O segundo tempo começou diferente. Logo nos primeiros segundos, Julio se viu livre e foi sozinho na direção de João Ricardo. O goleiro se agigantou e evitou o gol que seria da LDU. Na sequência, em resposta, veio o gol do Fortaleza. Pochettino avançou pela direita e cruzou rasteiro para a área, Lucero aparece para desviar pro fundo do gol. 1×0 Leão do Pici. Aos 11 minutos, a LDU chegou ao empate com Alzugaray, aproveitando a chance, 1×1. O Fortaleza fez pressão, mas não conseguiu passar por Domínguez, assim, 1×1 na segunda etapa.

PRORROGAÇÃO

O primeiro tempo da prorrogação foi disputado, com o Fortaleza na pressão no início, mas a LDU equilibrou e pressinou João Ricardo nos minutos finais, mas o 0x0 persistiu. Na segunda etapa, ninguém conseguiu balançar as redes com o meio de campo truncado.

PÊNALTIS

João Ricardo defendeu as cobranças de Paolo Guerrero e Alvarado. Domínguez defendeu as cobranças de Romero e Pedro. Nas alternadas, defendeu a cobrança de Brítez. 4×3 para a LDU.

+ Para ficar por dentro de tudo que acontece na Sul-Americana e com os clubes, Fortaleza e LDU, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

CAMPANHA VENCEDORA

Nesta edição, o time de Quito foi líder do seu grupo, passando por Botafogo, Magallanes-CHI e Universidad Cesar Vallejo-PER na chave A. No mata-mata, a LDU precisou de duas disputas de pênalti, contra Ñublense-CHI e São Paulo, antes de dominar o Defensa y Justicia nas semifinais.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade