PUBLICIDADE
Logo do Fortaleza

Fortaleza

Favoritar Time

LDU mantém tabu de jamais ter perdido finais para brasileiros; relembre confrontos

28 out 2023 - 20h35
(atualizado às 21h31)
Compartilhar
Exibir comentários

A LDU se sagrou bicampeã da Copa Sul-Americana neste sábado ao bater o Fortaleza, nos pênaltis, por 4 a 3, após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar. Com o resultado, o time equatoriano manteve o tabu de jamais ter perdido uma final para equipes brasileiras na história.

Foto: Gazeta Esportiva

Essa foi a quarta vez que a LDU encarou um time brasileiro na disputa por um título continental. A primeira oportunidade aconteceu em 2008, contra o Fluminense, na grande final da Copa Libertadores.

A LDU goleou o Tricolor carioca por 4 a 2 no jogo de ida, em Quito. Na volta, no Maracanã, o Fluminense venceu por 3 a 1, resultado que levou a decisão para os pênaltis. Na marca da cal, porém, melhor para os equatorianos, que venceram por 3 a 1, com o goleiro Cevallos defendendo três cobranças.

No ano seguinte, as duas equipes se encontraram novamente, desta vez na final da Copa Sul-Americana. No primeiro confronto, a LDU goleou o Fluminense por 5 a 1. Na volta, o Tricolor carioca bateu os equatorianos por 3 a 0, resultado insuficiente para ficar com o título.

O Internacional também sentiu na pele o que é ser derrotado pela LDU em uma final continental. Pela Recopa Sul-Americana de 2009, os equatorianos venceram o Colorado por 1 a 0, em pleno Beira-Rio, e voltaram a triunfar em Quito, por 3 a 0.

Vale lembrar que, caso seja campeão da Libertadores no próximo sábado, contra o Boca Juniors, o Fluminense terá a oportunidade de, enfim, se vingar da LDU na Recopa Sul-Americana após 14 anos do último título disputado entre as duas equipes.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade