PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Favoritar Time

Luiz Henrique se despede do Maracanã com vitória, nome cantado pela torcida e gratidão ao Fluminense

Jovem viaja para a Espanha no próximo dia 1 para se apresentar ao Real Betis; despedida será contra o Botafogo no Nilton Santos

23 jun 2022 21h49
ver comentários
Publicidade

O Maracanã foi palco de grandes emoções para Luiz Henrique no profissional do Fluminense. A primeira vez que balançou a rede, a estreia ouvindo o nome sendo gritado pela torcida, o título do Campeonato Carioca, as vaias no momento ruim. Tudo isso passou pelo lugar que é casa do Tricolor. Esta quinta-feira, na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o jovem colocou os pés no estádio pela última vez antes de viajar para se apresentar ao Real Betis, da Espanha.

Luiz Henrique em ação contra o Cruzeiro (FOTO: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC)
Luiz Henrique em ação contra o Cruzeiro (FOTO: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC)
Foto: Lance!

- (Despedida) do jeito que eu esperava. Torcida toda no Maracanã. Sonhei com isso, ainda mais com a vitória, com eles (torcedores) gritando meu nome. Só tenho a agradecer. Eles sempre fizeram de tudo pra mim, desde meu primeiro dia que coloquei o pé aqui no Maracanã até hoje, o último. E a vitória foi linda - disse o jogador na saída de campo.

Luiz ainda tem mais uma partida na frente da torcida antes do embarque no dia 1º de julho, quando deixa de ser atleta do clube que o formou para virar jogador do clube europeu. Ele enfrenta o Botafogo no domingo, às 16h, mas no Estádio Nilton Santos. Ali, onde os tricolores serão minoria pela divisão 90/10 do clássico, ele deixa de vestir a camisa que o revelou.

A estreia de Luiz Henrique no Maracanã foi junto com a do profissional, em 12 de agosto de 2020. Naquela ocasião, o Flu empatou por 1 a 1 com o Palmeiras e ele foi acionado aos 30 minutos do segundo tempo. O primeiro gol foi ainda na época sem torcida, quando a pandemia da Covid-19 obrigou o jogador a esperar mais um ano para ouvir os tricolores no estádio. Diante do Ceará, em outubro do mesmo ano, ele abriu o placar no empate por 2 a 2.

Em 2021, o primeiro gol também foi no Maracanã. Na temporada em que viveu maior instabilidade, o jovem chegou a ser titular por um tempo, mas perdeu a vaga, sendo até barrado por Roger Machado. Depois, balançou a rede pela primeira vez na vitória por 3 a 0 sobre o Criciúma na Copa do Brasil, dando inclusive uma assistência.

Mas o momento mais especial foi em novembro. O Fluminense venceu o América-MG por 2 a 0 e o garoto de Xerém balançou a rede pela primeira vez com público no estádio. Na época, Luiz vivia um jejum de nove partidas sem marcar e ouviu a torcida gritar seu nome pela primeira vez. Ele voltava ao time titular após duas partidas de ausência, depois de ter sentido a coxa contra o Grêmio.

Luiz Henrique se emocionou quando marcou pela primeira no Maracanã com público, em 2021 (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)
Luiz Henrique se emocionou quando marcou pela primeira no Maracanã com público, em 2021 (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)
Foto: Lance!

Luiz Henrique se consolidou, tornando-se um dos principais jogadores do time. Em 2022, iniciou como destaque de Abel Braga, mas acabou perdendo a confiança. O jovem chegou a passar dois meses sem marcar um gol. Entre lesão e período de baixa, foi até vaiado pela torcida, insatisfeita com o rendimento ruim depois da confirmação pública da venda, exatamente no Maracanã. Incentivado e cobrado desde a chegada de Diniz ao Fluminense, o jovem mostra mais leveza e vem sendo exaltado jogo após jogo.

A cria de Xerém não estará presente no jogo de volta contra o Cruzeiro, no Mineirão, que acontece no dia 12 de julho, às 21h.

- Sabíamos que dava para fazer mais gols, mas não aconteceu. Importante foi a vitória. Agora é ir para o Mineirão, dar a nossa vida e sair com a vitória de novo - completou o jogador.

Lance!
Publicidade
Publicidade