1 evento ao vivo

Lesionado, Everton Ribeiro desfalca o Fla contra o Cruzeiro

Meia volta a sentir problema e fica fora de partida neste sábado, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro

20 set 2019
15h38
atualizado às 16h29
  • separator
  • 0
  • comentários

Em busca de sua sétima vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro, o líder Flamengo já sabe que terá uma baixa importante no compromisso deste sábado contra o Cruzeiro, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 20.ª rodada: o capitão Everton Ribeiro. O meia voltou a sentir o calcanhar do pé direito, um incômodo provocado por uma lesão óssea que vem sendo recorrente na temporada, e sequer foi relacionado para a partida contra o seu ex-clube, pelo qual foi bicampeão brasileiro em 2013 e 2014.

Everton Ribeiro em ação contra o Santos.
Everton Ribeiro em ação contra o Santos.
Foto: Sergio Moraes / Reuters

No Brasileirão de 2018, por sinal, o camisa 7 teve ótima atuação e marcou os dois gols da vitória por 2 a 0 diante dos mineiros em Belo Horizonte.

Everton Ribeiro já não vinha treinando com bola durante toda a semana e permanecerá no CT Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro, se preparando para o compromisso seguinte do time carioca, que será em casa diante do Internacional, também pelo Brasileirão, na quarta-feira, no estádio do Maracanã.

Na partida deste sábado, o técnico Jorge Jesus ainda não confirmou o substituto, mas quem tem mais chances de aparecer na vaga é o volante Piris da Motta. Caso escolha o paraguaio, o português teria de avançar Gerson, que vinha atuando há algumas partidas como segundo homem de meio de campo, para auxiliar a armação ofensiva e recomposição pelo lado direito.

Também há a possibilidade de posicionar o atacante Berrío por aquele setor, caso Jorge Jesus opte pela velocidade em detrimento da cadência das jogadas. Além do colombiano, Reinier - este chegou a ser testado durante a semana - e Vitinho são opções, mas surgem com menor chance.

Dessa maneira, o provável time do Flamengo que entra em campo às 17 horas deste sábado deve ser escalado com Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Piris da Motta (Berrío), Willian Arão, Gerson e Arrascaeta; Gabriel e Bruno Henrique.

Veja também:

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade