PUBLICIDADE

Brasil soma cinco classificações para finais da natação em segundo dia das Paralimpíadas de Tóquio

25 ago 2021 23h47
ver comentários
Publicidade

O início de segundo dia dos Jogos Paralímpicos de Tóquio foi positivo para a natação brasileira. Ao todo, foram cinco classificações para finais na noite desta quarta-feira (manhã de quinta no Japão), no Centro Aquático da capital japonesa.

O primeiro a garantir a classificação foi o multicampeão Daniel Dias. Um dia depois de conquistar sua 25ª medalha em Paralimpíadas com o bronze nos 220m livre S5, o brasileiro assegurou presença na decisão dos 100m livre S5, nadando em 1min13s02 e fazendo o melhor tempo de sua bateria.

Depois, foi a vez de Joana da Silva se classificar. Com 1min27s36, a brasileira teve o oitavo melhor tempo dos 100m livre S5 feminino. Por outro lado, Esthefany Rodrigues, com 1min36s4, e Susana Schnarndorf, com 1min50s65, ficaram em 13º e 16º lugar, respectivamente, e foram eliminadas.

Nos 200m medley masculino SM6, Talisson Glock avançou com o quinto melhor tempo, com 2min49s49. Já Roberto Rodriguez ficou na 16ª colocação, com 3min14s69, e não se classificou.

Quem também teve o quinto melhor tempo de sua categoria foi Matheus Rheine, que avançou à final dos 400m livre S11 masculino com 4min52s38.

Nos 100m livre masculino S4,  Eric Tobera terminou a sua prova em 01min36s20 e ficou na 10ª colocação, não conseguindo avançar para a decisão.

Por fim, na última prova qualificatória da natação do segundo dia de Paralimpíadas, o Brasil se classificou para a final do revezamento 4x50m livre misto até 20 pontos, ficando na sexta posição geral com tempo de 02min38s01.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade