0
Logo do Seleção Espanhola
Foto: terra

Seleção Espanhola

Para Maradona, Brasil teria perdido da Espanha jogando em estádio neutro

2 jul 2013
10h53
atualizado às 11h16
  • separator
  • 0
  • comentários

Diego Maradona não perdeu a chance de ser polêmico e provocar a Seleção Brasileira, um dos seus principais alvos. Em entrevista ao site Goal.com divulgada na manhã desta terça-feira, o argentino afirmou que o Brasil só venceu a Espanha no último domingo porque jogou no Estádio do Maracanã. De acordo com o ex-jogador, a final da Copa das Confederações seria diferente caso fosse disputada em estádio neutro.

<p>Argentino disse que Neymar ainda não está no mesmo patamar de Messi, que desconversou</p>
Argentino disse que Neymar ainda não está no mesmo patamar de Messi, que desconversou
Foto: Daniel Ramalho / Terra

Confira todos os vídeos da Copa das Confederações

"A Espanha não teve sorte, porque a competição foi no Brasil. Eles não teriam perdido se o jogo fosse em estádio neutro", opinou durante viagem para a Indonésia.

Ainda segundo o argentino, Neymar continua sendo pior do que Messi, mesmo após ser eleito o craque do torneio. "Messi ainda é o melhor do mundo, acima de Cristiano Ronaldo e Neymar", garantiu, antes de fazer uma previsão para a Copa do Mundo de 2014.

Maradona acha que as seleções da Europa não terão chances no Mundial, que também será disputado no País. "A próxima Copa do Mundo pertence aos sul-americanos. Espero que a Argentina seja a campeã", finalizou Maradona, que trabalhou pela última vez como técnico no Al Wasl, dos Emirados Árabes.

Já Messi, quando perguntado sobre Neymar, foi totalmente diferente do seu compatriota e elogiou o novo colega de Barcelona. Os dois irão se enfrentar nesta terça, às 23h (de Brasília), no Jogo das Estrelas. O amistoso será disputado em Lima, no Peru.

"Tenho certeza que a contratação de Neymar será boa para os nossos objetivos. Tomara que ele ajude o futebol do Barcelona e o nosso jogo, demonstrando seu talento, como no Santos e na Seleção Brasileira", projetou o camisa 10 culé em coletiva de imprensa.

No entanto, Messi se esquivou de polêmicas ao falar sobre uma provável concorrência com Neymar no prêmio Bola de Ouro, título de melhor jogador do ano dado pela Fifa. "Ainda falta muito para a entrega desse prêmio", desconversou Messi.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade