PUBLICIDADE

Cristiano Ronaldo destaca bom ambiente na seleção de Portugal e fala em 'xeque-mate' em Messi

Astro português respondeu em meio à polêmica de sua bombástica entrevista sobre o Manchester United, e comentou a polêmica com Bruno Fernandes

21 nov 2022 - 06h55
Compartilhar
Exibir comentários

Na Copa do Mundo com Portugal, Cristiano Ronaldo concedeu coletiva de imprensa nesta segunda-feira. O craque minimizou a polêmica sobre uma possível relação conflituosa com Bruno Fernandes, seu companheiro no Manchester United, e disse que o ambiente na seleção é bom.

Cristiano Ronaldo dá entrevista coletiva na Copa do Mundo (PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP)
Cristiano Ronaldo dá entrevista coletiva na Copa do Mundo (PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP)
Foto: Lance!

- Fiz uma brincadeira, ele chegou tarde e eu perguntei se tinha vindo de barco. E foi uma brincadeira. Fizeram uma tempestade, como foi também com o Cancelo, que estava mais em baixo, houve ali uma entrada mais ríspida entre ele e o Félix e eu puxei-o para cima. Mais uma polêmica. Mas estou habituado, o que gira em volta do Cristiano é sempre um debate, há sempre conversas - declarou o astro.

- Digo mais uma vez: o ambiente na Seleção é excelente. O grupo está blindado. E faço um pedido: quando os próximos jogadores vierem aqui, não perguntem sempre sobre o Cristiano. Não falem de mim, eu estou blindado. Falem de competição, falem sobre eles - concluiu.

Após uma foto histórica com Messi em uma publicidade pela Louis Vuitton que mostra os astros jogando xadrez, Cristiano Ronaldo mandou um recado para o camisa 10 da Argentina.

- Estou focado e extremamente otimista de que as coisas vão correr bem. Xeque-mate vamos fazendo na vida, não só no xadrez, e eu faço muitas vezes. Não sei ser direto quanto a isso, mas gostaria de ser eu a fazer o xeque-mate contra ele. Seria bonito acontecer, já aconteceu num jogo de xadrez, então no futebol seria ainda mais - brincou.

O Portugal estreia na Copa do Mundo na quinta-feira, dia 24, contra a Gana, em jogo marcado para às 13h.

Polêmica com o Manchester United

- Timing é sempre timing. Do nosso lado é fácil ver como podemos escolher os timings. Às vezes vocês escrevem verdades, às vezes escrevem mentiras. Não preciso de me preocupar com o que os outros pensam. Eu falo quando quero. Todos sabem quem eu sou e no que acredito. Não vai influenciar o que a seleção quer. Staff, roupeiros... Todos me conhecem desde os 11 anos. Todos querem muito esta competição, todos querem jogar, que é algo que gosto de ver, a ambição é muito alta. Não só este episódio que ocorreu comigo, mas outros episódios poderão abalar o próprio jogador, mas não vai abalar o elenco.

Pressão na Copa do Mundo

- Se tivesse de demonstrar algo com 37 anos e 8 meses… Estaria preocupado. Depois do que eu já fiz e já ganhei, seria uma surpresa para mim. Claro que tenho de demonstrar o que sou ano após ano, opiniões toda a gente tem, mas será o Mundial a competição mais importante? Sim, das mais, é um sonho ganhar, mas se não ganhassem mais nenhum troféu estaria orgulhoso.

Disputa de melhor do mundo com Messi

- Mesmo se ganhasse o Mundial haveria esse debate. É como em tudo, há uns que gostam mais de loiras, outros de morenas. Sou um jogador ambicioso, adoraria ganhar esta competição, mas, se não ganhar, ficaria contente na mesma com tudo o que fiz até agora. Digo: se me dissessem que não volto a ganhar um título, já estaria orgulhoso do que fiz. É um sonho para mim, é possível, mas vamos ver. Espero que todas as energias estejam do nosso lado.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade