3 eventos ao vivo

Técnico do Barcelona revela conversa franca com Messi e diz que Suárez poderia ter ficado

Koeman se esquiva de culpa pela saída do uruguaio e diz que havia desejo da direção do clube pelo rejuvenescimento da equipe

12 out 2020
17h39
atualizado às 17h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em entrevista à emissora holandesa "NOS", o técnico do Barcelona, Ronald Koeman, afirmou que teve uma conversa franca com o craque argentino Lionel Messi, que desabafou sobre todos os problemas que envolviam seu momento na equipe catalã.

Questionado sobre a saída de Luis Suárez, o treinador holandês afirmou que o atacante uruguaio, agora no Atlético de Madrid, poderia ter ficado no Barcelona, porém havia um desejo na diretoria do clube de rejuvenescer a equipe.

"Ficou difícil ele jogar, e fui honesto com ele. Nunca tive problema nenhum com ele. Só treinava e treinava bem. No final, ele tomou a decisão de sair. Eu disse: 'Se não sair, será mais um do grupo'. Ele podia ter ficado, sim", avaliou o treinador.

De acordo com Ronald Koeman, sua primeira preocupação ao assumir o comando técnico do Barcelona foi ouvir o principal jogador do time sobre a última temporada para buscar soluções a partir do novo trabalho.

"Fui a casa dele e falei do futuro. Foi claro seu descontentamento. No fim, acabou tudo bem. Desde que disse que iria ficar, (Messi) tem feito tudo o que espero dele, tudo o que espero de um jogador e de um capitão", analisou o técnico holandês.

Na próxima semana, o Barcelona faz sua estreia na Liga dos Campeões. Antes, porém, a equipe de Koeman tem pela frente o Getafe, no sábado (17), fora de casa, pelo Campeonato Espanhol.

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade