PUBLICIDADE

Buffon diz que chegada de Cristiano Ronaldo 'alterou o DNA' da Juventus

Goleiro da 'Velha Senhora' por duas décadas é mais um jogador a criticar chegada do astro português a Turim

26 dez 2021 09h11
| atualizado às 16h04
ver comentários
Publicidade

Lenda da Juventus, Gianluigi Buffon não esconde sua identificação com a equipe de Turim. Em recente entrevista, o goleiro analisou os últimos anos da 'Velha Senhora' e disse que a chegada do astro Cristiano Ronaldo ao clube italiano em 2018 causou 'a perda do DNA da Juve como time'.

Cristiano Ronaldo, que hoje está no Manchester United, em sua segunda passagem pelo clube inglês, marcou 101 gols em 135 partidas defendendo a Juventus. A parceria rendeu dois títulos do Campeonato Italiano, mas a equipe falhou na missão em avançar além das quartas de final na Liga dos Campeões durante as três temporadas.

Hoje, Buffon veste a camisa o Parma, clube que o revelou para o futebol profissional. Porém, por duas décadas, ele defendeu as traves da 'Velha Senhora', tendo dez taças do Italiano em seu vasto currículo vencedor. Na temporada 2018-2019, jogou no Paris Saint-Germain, quando atuou com o craque da seleção brasileira, Neymar.

"A Juventus teve a chance de vencer a Liga dos Campeões no primeiro ano em que ele chegou", avaliou Buffon. "Foi o ano em que eu estava no Paris Saint-Germain. Eu não pude entender o que aconteceu." O arqueiro continuou. "Quando retornei, eu trabalhei com Cristiano Ronaldo por dois anos e nós fomos bem juntos, mas acho que a Juventus perder o DNA quanto time."

Em outubro, o capitão da Juventus, o experiente Giorgio Chiellini também criticou CR7, dizendo que sua saída foi tardia e que deveria ter se juntado ao Manchester United antes. "Nós alcançamos a final da Liga dos Campeões porque estávamos cheios de experiência, mas acima de tudo éramos uma unidade só e tinha esta competição por lugares com o grupo que era muito forte. Nós perdemos isso com Ronaldo", completou Buffon.

Estadão
Publicidade
Publicidade