PUBLICIDADE

Veja o caminho dos times que lutam pelo título do Brasileirão e dos que sonham em voltar à Série A

Botafogo perde o primeiro lugar da competição depois de 31 rodadas; Palmeiras é o novo líder, e o Vitória retorna à elite

13 nov 2023 - 12h28
Compartilhar
Exibir comentários
Endrick, o garoto de ouro, é o destaque do líder Palmeiras no Campeonato Brasileiro
Endrick, o garoto de ouro, é o destaque do líder Palmeiras no Campeonato Brasileiro
Foto: Cesar Greco/Palmeiras / Jogada10

A Estrela Solitária se apagou de novo na reta final do Campeonato Brasileiro mais disputado e esquizofrênico de todos os tempos. O Glorioso levou um gol nos acréscimos da segunda etapa contra o Bragantino, cedeu o empate fora de casa e perdeu a chance de continuar líder, deixando o caminho perigoso para o novo treinador do time, Tiago Nunes. Era a chance de mostrar quem ainda mandava na competição. Enfim, o ‘Poderoso Chefão’ nesse momento é o Palmeiras, com 62 pontos e um jogo a mais do que o ex-primeiro colocado. O Massa Bruta caiu para a quarta posição, com 59.

O Grêmio conseguiu perder para o Timão ‘abaixo da média’ por 1 a 0 e estacionou nos 59 e se encontra na terceira colocação. O Flamengo empatou com o Fluminense e não passou dos 57. Quem tem essa mesma numeração é o Atlético-MG do Felipão, que derrotou o quase rebaixado Goiás.

O outro clube de BH, o Cruzeiro, parece sentir saudade da Série B, pois conseguiu ser derrotado para o ‘abaixo da média’ Coritiba por 1 a 0. Cenas de vandalismo.

Santos e São Paulo não marcaram nenhum golzinho no clássico San-São. O Peixe soma um pontinho na luta para não pagar o mico de ser rebaixado no Brasileirão-Rei, competição em homenagem ao eterno Pelé.

O Bahia deixou dois pontos importantes escaparem no empate com o Athletico-PR. Os tricolores baianos reclamaram de uma mão na bola de Esquivel no último lance. O árbitro não deu nada.

O grande adversário do ‘Bahêa’ pode comemorar. Agora com 69 pontos, o Vitória conseguiu virada para cima do Novorizontino fora de casa, placar de 2 a 1, e está de volta à Série A. Na Super Segundona, o Rubro-Negro baiano é líder, seguido por um monte de gente: Atlético-GO (61), Criciúma, Juventude e Sport (os três com 60 exatamente nessa ordem na tabela, com o Leão de Recife fora do G-4), Vila Nova (58), Novorizontino e Mirassol (57) e Guarani (56). Os jogos que encerram a 36ª rodada da Série B mais disputada de todos os tempos são Guarani x Criciúma e ABC x Juventude.

Abaixo, os jogos que faltam para aqueles que podem sonhar com o título da Série A:

Palmeiras: Fortaleza (26/11, fora de casa), América-MG (29/11, fora de casa), Fluminense (3/12, em casa), Cruzeiro (6/12, fora de casa)

Botafogo: Fortaleza (23/11, fora de casa), Santos (26/11, em casa), Coritiba (29/11, fora de casa), Cruzeiro (3/12, em casa), Internacional (6/12, fora de casa)

Bragantino: Flamengo (23/11, fora de casa), Internacional (26/11, fora de casa), Fortaleza (30/11, em casa), Coritiba (3/12, em casa), Vasco (6/12, fora de casa)

Grêmio: Atlético-MG (26/11, fora de casa), Goiás (30/11, fora de casa), Vasco (3/12, em casa), Fluminense (6/12, fora de casa)

Atlético-MG: Grêmio (26/11, em casa), Flamengo (29/11, fora de casa), São Paulo (3/12, em casa), Bahia (6/12, fora de casa)

Flamengo: Bragantino (23/11, em casa), América-MG (26/11, fora de casa), Atlético-MG (29/11, em casa), Cuiabá (3/12, em casa), São Paulo (6/12, fora de casa)

Abaixo, os jogos que faltam para aqueles que podem ainda sonhar com a volta à Série A:

Atlético-GO: Mirassol (18/11, fora de casa), Guarani (25/11, em casa)

Criciúma: Guarani (14/11, fora de casa), Botafogo (18/11, em casa), Novorizontino (25/11, fora de casa)

Juventude: ABC (14/11, fora de casa), Ponte Preta (18/11, em casa), Ceará (25/11, fora de casa)

Sport: Vitória (18/11, fora de casa), Sampaio Correa (25/11, em casa)

Vila Nova: Ceará (18/11, em casa), ABC (25/11, fora de casa)

Mirassol: Atlético-GO (18/11, em casa), Tombense (25/11, fora de casa)

Novorizontino: Londrina (17/11, fora de casa), Criciúma (25/11, em casa)

Guarani: Criciúma (14/11, em casa), ABC (18/11, em casa), Atlético-GO (25/11, fora de casa)

A emoção é infinita.

Abraços boleiros, de Série A e parapan-americanos.

Fonte: PV Ferreira PV Ferreira é editor e jornalista esportivo com experiência em coberturas do futebol brasileiro, sul-americano e europeu, além das modalidades olímpicas e paralímpicas. As visões do colunista não representam a visão do Terra.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade