PUBLICIDADE

Messi e Bonmatí merecem a Bola de Ouro

O argentino e a espanhola são os destaques da premiação; Vinícius Júnior melhora colocação na comparação com a temporada de 2022

30 out 2023 - 19h35
(atualizado às 20h25)
Compartilhar
Exibir comentários
Argentino Lionel Messi é o maior vencedor da Bola de Ouro da História
Argentino Lionel Messi é o maior vencedor da Bola de Ouro da História
Foto: Franck Fife/AFP via Getty Images / Jogada10

Lionel Messi. Oito Bolas de Ouro. Um dos maiores jogadores de todos os tempos. O gênio do Barcelona. Foi extraordinário nesse clube. Criticado em alguns momentos na seleção argentina. Foi sim injustiçado pela torcida do próprio país. O camisa 10 já brilhava na seleção olímpica. Passou por altos e baixos em edições de Copa do Mundo e Copa América, mas os números de Lionel eram impressionantes apesar de tudo.

Verdade seja dita, aliás, escrita, ele não mereceu o prêmio de melhor da Copa de 2014. No Maracanã, o constrangimento foi grande. Ele perdeu uma oportunidade inacreditável naquela decisão contra a Alemanha, mas deu passe maravilhoso para Higuaín, que tratou mal demais a bola na cara do gol. O centroavante desperdiçou chance absurda.

Sem oba-oba, Messi também não mereceu todas as oito Bolas de Ouro assim como Cristiano Ronaldo não deveria ter conquistado cinco.

A reviravolta na trajetória do super craque Lionel na seleção argentina aconteceu em 2021. No mesmo Estádio Jornalista Mario Filho, Messi conseguiu conquistar a Copa América. Logo ele que se sentiu frustrado com duas perdas seguidas de títulos para o Chile. Além disso, o camisa 10 levou o título da Finalíssima.

Em 2022, Lionel Messi foi o CRAQUE da Copa do Mundo. Um poeta da bola. Está ainda brilhando na seleção argentina. Vejam as atuações dele nas Eliminatórias.

Sobre os outros

Haaland é a máquina de gols e golaços do Manchester City, o time masculino da temporada. Discordo de quem fala que Haaland não tem recursos técnicos. Ele tem muitos. Faz gol de tudo que é jeito. Possui muita qualidade.

Mbappé ainda será o artilheiro de todos os tempos da Copa do Mundo. Em apenas duas edições da competição, o garoto Kylian, de 24 anos, já tem 12 gols, sendo quatro em 2018 e oito em 2022. Aliás, marcou três vezes na final entre França e Argentina.

Vini Júnior ficou na sexta posição. Melhorou de colocação. Terminou em oitavo no ano passado. Em 2022, merecia um terceiro lugar tranquilamente. O Instituto Vinícius Júnior ganhou o Prêmio Sócrates por projetos de inclusão digital, educação e esporte.

A habilidosa Bonmatí, meia do Barcelona e da seleção espanhola, é eleita a melhor jogadora do mundo; Debinha fica na 28ª posição
A habilidosa Bonmatí, meia do Barcelona e da seleção espanhola, é eleita a melhor jogadora do mundo; Debinha fica na 28ª posição
Foto: Forbes

Ela merece

Destaque da seleção campeã mundial, a Espanha, e da melhor equipe feminina do planeta, o Barcelona, Aitana Bonmatí levou com muita justiça o prêmio de melhor jogadora. Jogou demais na Copa do Mundo Feminina. É hiper habilidosa. Quase completa em fundamentos da modalidade.

Abraços igualitários e boleiros.

Fonte: PV Ferreira PV Ferreira é editor e jornalista esportivo com experiência em coberturas do futebol brasileiro, sul-americano e europeu, além das modalidades olímpicas e paralímpicas. As visões do colunista não representam a visão do Terra.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade