2 eventos ao vivo

Ceará, Botafogo e Athletico-PR querem Raffael, mas há dificuldades

8 jul 2020
18h55
atualizado às 18h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O atacante Raffael, 35 anos, atualmente está sem clube, mas Ceará, Botafogo e Athletico-PR desejam trazer de volta para o Brasil o jogador que fez sucesso na Alemanha com a camisa do Borussia Monchengladbach. As barreiras para a contratação, porém, são financeira e a atual pandemia de coronavírus. A informação vem do site alemão Rheinische Post.

Ao procurar o atacante para abrir negociações, o Botafogo ouviu que Raffael gostaria de receber R$ 1,5 milhão por mês. Cifra impraticável para os três clubes que desejam o jogador.

Raffael comemora gol do do Monchengladbach sobre o Hamburgo

Contudo, o único que não teria este entrave é o Ceará. Raffael é torcedor do Vozão e já declarou que gostaria de jogar em seu clube de coração. Tanto que até abriria mão de grande parte do salário para facilitar. "Só não iria se o Ceará não me quisesse, não tivesse o interesse", disse ele, em entrevista à TV Verdes Mares.

A outra barreira na negociação é a pandemia de coronavírus no país. Atualmente vivendo na Europa, Raffael tem receio de vir para o Brasil e não conseguir retornar ao velho continente, local em que seus filhos estudam. Robinson de Castro, presidente do Ceará, conversou diretamente com o jogador via WhatsApp.


Raffael é cria da base do Juventus-SP. Nem chegando a atuar no time profissional, já foi negociado com o Chiasso, da Suíça, aos 18 anos e fez toda a carreira pela Europa. Durante toda sua jornada no futebol, participou de 548 partidas e fez 197 gols.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade