PUBLICIDADE

Brasileiros atacam Otamendi nas redes após cotovelada

Zagueiro argentino agrediu Raphinha, mas, mesmo com revisão do VAR, arbitragem mandou o jogo seguir

17 nov 2021 14h09
| atualizado às 14h35
ver comentários
Publicidade
Otamendi agrediu Raphinha com uma cotovelada na boca (Foto: ANDRES LARROVERE / AFP)
Otamendi agrediu Raphinha com uma cotovelada na boca (Foto: ANDRES LARROVERE / AFP)
Foto: Lance!

Depois de assumir o topo dos assuntos mais comentados do Twitter ao acertar uma cotovelada em Raphinha, Otamendi viu uma enxurrada de brasileiros tomarem conta de seu perfil no Instagram. Com mais de 20 mil comentários na foto publicada junto à delegação argentina, o defensor ex-Atlético-MG foi duramente criticado pela agressão.

"Fraco. Não tem futebol e, por isso, apela para violência. Não atoa essa seleção continua minúscula. Ou muda a mentalidade ou continuam no limbo eterno. Brasil é penta", cutucou um internauta. "Próximo jogo tu vai ver o troco que merece", respondeu outro brasileiro.

No Twitter, a impune cotovelada teve repercussão internacional. "Por que o VAR ainda existe? Chocante isto não ter sido para cartão vermelho. Otamendi é, e sempre foi, um jogador incrivelmente sujo", escreveu um portal.

"Otamendi se safando de receber um cartão vermelho por tentativa de homicídio é a coisa menos surpreendente que você verá nas Eliminatórias Sul-Americanas", condenou um internauta.

A Conmebol anunciou nesta quarta-feira a suspensão de dois árbitros do duelo entre Argentina e Brasil, na última terça-feira, em San Juan, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022.

Os uruguaios Andrés Cunha, árbitro de campo, e Esteban Ostojich, responsável pelo VAR, foram punidos por tempo indeterminado pela não expulsão de Otamendi em lance com Raphinha.

Lance!
Publicidade
Publicidade