0

Neymar vê ganho de confiança com torcida e lembra drible de Robinho

19 jun 2013
18h47
atualizado às 18h52
  • separator
  • 0
  • comentários

A Seleção Brasileira está mais confiante e, finalmente, de bem com o torcedor. Essa avaliação é possível após a vitória por 2 a 0 sobre o México, pela segunda rodada da Copa das Confederações. No Castelão, em Fortaleza, a torcida emocionou os jogadores durante a execução do Hino Nacional e apoiou o tempo todo, ajudando na conquista do resultado positivo, de acordo com o atacante Neymar.

“É sempre maravilhoso jogar por aqui. Eles nos recebem muito bem sempre, nos dão confiança. O Hino Nacional foi emocionante. Dentro de campo, a gente resolve”, afirmou o jogador. Ele negou que o desempenho esteja acima da expectativa: “o time está merecendo. Independentemente de quem faz gol e de quem é o cara da partida. A gente quer vencer o jogo, jogar bem e se entregar pela Seleção”.

3D: Neymar chuta de primeira e faz golaço contra o México

Neymar definiu a vitória brasileira. Marcou o primeiro gol no início do jogo, aproveitando sobra após corte de cruzamento feito pela zaga mexicana para emendar de perna esquerda, estufando as redes. Já nos acréscimos do segundo tempo, passou entre dois marcadores na ponta esquerda para cruzar para Jô, livre, completar de esquerda, em mais uma bela jogada criada.

O lance de habilidade lembrou um dos gols da vitória do Brasil sobre o Equador nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. A partida foi realizada no Maracanã em 17 de outubro de 2007, e terminou com goleada por 5 a 0. O quarto gol foi feito depois de o ex-jogador santista, uma das inspirações de Neymar, fazer bela jogada pela esquerda, limpando a marcação do mesmo adversário três vezes antes de cruzar para a finalização de Elano.

“O gol do Robinho foi mais bonito. A pintura dele vale mais que a minha”, brincou Neymar, ao dividir os méritos com os companheiros: “fico muito feliz por ter sido pela segunda vez o cara da partida, mas o mais importante foi o comportamento da equipe. Sem a equipe não seria o cara da partida, pelo que demonstrou hoje dentro de campo todos estão de parabéns”.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade