PUBLICIDADE
Logo do

Seleção da Bósnia

Favoritar Time

Zagueiro da Bósnia ataca federação e é cortado da Copa

30 mai 2014 18h28
ver comentários
Publicidade
Ervin Zukanovic (dir) se surpreendeu com decisão
Ervin Zukanovic (dir) se surpreendeu com decisão
Foto: AFP

A primeira Copa do Mundo da história da seleção da Bósnia e Herzegovina não escapou de polêmica. O zagueiro Ervin Zukanovic, que atua pelo Gent, da Bélgica, se desentendeu com o treinador da equipe Safet Susic e com a federação local e foi excluído da competição que será disputada no Brasil durante os meses de junho e julho. 

"Na sequência de infundadas acusações feitas por este jogador e consultados os seus colegas e jogadores, o treinador Susic decidiu não contar mais com Zukanovic para o Mundial do Brasil", anunciou a federação bósnia, em comunicado, de acordo com o jornal português O Jogo.

A Bósnia já viajou para o centro de treinamentos nos Estados Unidos, onde iniciou a preparação para o Mundial. Zakanovic havia ficado em Sarajevo e aguardava um visto das autoridades americanas. 

Zagueiro contesta decisão

Trio da Seleção grava vídeo de apoio ao Fluminense; veja:

A polêmica de Zukanovic com a federação começou quando ele acusou a entidade por não ter conseguido um visto para os Estados Unidos junto aos outros companheiros. O combinado é de que ele iria direto para o Brasil, mas a decisão de ser cortado surpreendeu o jogador. 

"Hoje me disseram que eu não sou mais parte da equipe e eu pergunto a você: por quê? É com grande tristeza e imensa decepção que as coisas estão como estão. Jogar pela equipe nacional e jogar pelo meu país não pode ser medido em palavras", afirmou em comunicado, de acordo com a imprensa bósnia. 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade