0

Grupo F: "limpa", Argentina foi às 8ªs com o "toco y me voy"

26 jun 2014
08h56
atualizado em 6/8/2015 às 07h56
  • separator
  • 0
  • comentários

 

 

Se a seleção espanhola tem o “tiki-taka” e os italianos adotaram o “tiki-Itália” na Copa do Mundo de 2014, a Argentina se classificou às oitavas de final regida pelo seu característico “toco y my voy”. Foi tudo na base da troca de passes. Nos três jogos que antecederam o mata-mata do Mundial, os comandados de Alejandro Sabella foram muito superiores aos seus rivais de Grupo F na estatística que contabiliza a quantidade de passes.

Seleção de Lionel Messi só trocou menos passes que Espanha e Itália na primeira fase da Copa do Mundo
Seleção de Lionel Messi só trocou menos passes que Espanha e Itália na primeira fase da Copa do Mundo
Foto: Getty Images

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

De acordo com números da Fifa, a seleção argentina trocou 1525 passes certeiros na primeira fase do Mundial. Tudo isto com porcentagem de 81% de acerto, já que tentou tocar a bola 1882 vezes nos três primeiros jogos. Dentre as 28 seleções que encerraram a fase de grupos, os números albicelestes neste quesito só são inferiores aos de Espanha e Itália, que curiosamente foram eliminadas antes da fase de mata-mata da Copa.

Assim, não é preciso nem dizer que o “toco y me voy” argentino massacrou a maior parte dos adversários enfrentados no Grupo F. A única seleção que não ficou tão atrás dos sul-americanos nesta estatística foi a da Bósnia, com 1412 passes completados. Depois, aparecem Nigéria (1071) e Irã (604), este último com um dos piores números do torneio.

Além de tudo isto, a seleção de Lionel Messi foi uma das mais “limpas” da primeira fase do Mundial. Nas estatísticas consideradas “negativas”, os argentinos não têm destaque: cometeram somente 24 faltas em três jogos (o Irã, por exemplo, fez 49 infrações), levaram apenas um cartão amarelo (apresentado a Marcos Rojo) e tiveram seus ataques paralisados por impedimento em apenas uma oportunidade (os iranianos viram a bandeira ser erguida 10 vezes).

Confira as estatísticas das seleções do Grupo F:

Argentina

Gols marcados: 6
Quem fez ? Lionel Messi (4), Marcos Rojo (1) e Sead Kolasinac (contra)
Gols sofridos: 3
Distância percorrida: 308.0 km
Chutes: 48
No alvo: 27
Passes: 1882
Completos: 1525
Percentual de acerto: 81%
Faltas cometidas: 24
Faltas sofridas: 44
Cartões Amarelos: 1
Cartoões Vermelhos: 0
Impedimentos: 1

 

Nigéria

Gols marcados: 3
Quem fez ? Ahmed Musa (2) e Peter Odemwingie
Gols sofridos: 3
Distância percorrida: 305.7 km
Chutes: 42
No alvo: 26
Passes: 1459
Completos: 1071
Percentual de acerto: 73%
Faltas cometidas: 42
Faltas sofridas: 31
Cartões Amarelos: 3
Cartoões Vermelhos: 0
Impedimentos: 4

 

Bósnia

Gols marcados: 4
Quem fez ? Vedad Ibišević (1), Avdija Vršajević (1), Miralem Pjanić (1) e  Edin Džeko (1)
Gols sofridos: 4
Distância percorrida: 337.8 km
Chutes: 46
No alvo: 30
Passes: 1766
Completos: 1412
Percentual de acerto: 80%
Faltas cometidas: 41
Faltas sofridas: 34
Cartões Amarelos: 3
Cartoões Vermelhos: 0
Impedimentos: 6

 

Irã

Gols marcados: 1
Quem fez ? Reza Ghoochannejhad
Gols sofridos: 4
Distância percorrida: 323.5 km
Chutes: 22
No alvo: 12
Passes: 950
Completos: 604
Percentual de acerto: 64%
Faltas cometidas: 49
Faltas sofridas: 40
Cartões Amarelos: 4
Cartoões Vermelhos: 0
Impedimentos: 10

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade