PUBLICIDADE

Playoffs NBB: Sesi Franca (7º) x (10º) Fortaleza Basquete Cearense

Embate entre os dois cestinhas do NBB, Lucas Dias e Desmond Holloway, tende a ser equilibrado; Vencedor enfrenta Minas.

20 abr 2021 15h05
ver comentários
Publicidade

Confrontos na temporada: Sesi Franca 1 x 1 Fortaleza Basquete Cearense

1_franca_x_fortaleza__dez21__nbb_2020_2021_14-14435919_Easy-Resize.com
1_franca_x_fortaleza__dez21__nbb_2020_2021_14-14435919_Easy-Resize.com
Foto: Foto: Ricardo Bufolin | Panamerica Press / Jumper Brasil

21/12 - Sesi Franca 98 x 81 Fortaleza Basquete Cearense

27/01 - Fortaleza Basquete Cearense 84 x 69 Sesi Franca

22/04: Fortaleza Basquete Cearense x Sesi Franca- 17h - com transmissão do DAZN

24/04: Sesi Franca x Fortaleza Basquete Cearense - 19h - com transmissão do DAZN

26/04: Fortaleza Basquete Cearense x Sesi Franca - Horário a ser definido *

* Se necessário

Horários de Brasília

Foto: Ricardo Bufolin / Panamerica Press / ECP

Afetado pela crise devido à pandemia da COVID-19 no Brasil, Franca teve de reformular grande parte de seu elenco na atual temporada. Com nomes importantes deixando a equipe e o orçamento, em tese, aproximadamente 40% reduzido, o time de Helinho Garcia apostou na mescla entre jogadores jovens e experientes e conquistou o título do Campeonato Paulista no início da época. No entanto, o foco na disputa das edições do NBB e BCLA, duas competições de alto nível, obrigou os francanos a realizarem contratações pontuais.

Introduzidos ao plantel no decorrer da temporada, Jamaal Smith e Rodney Green (o segundo dispensado às vésperas dos playoffs) pouco influenciaram na campanha de Franca no NBB. Os reforços, inclusive, não participaram da melhor fase da equipe francana na competição logo no início da competição, quando os comandados de Helinho venceram cinco dos seis primeiros jogos. Já nas 24 partidas seguintes, o time paulista conquistou somente 10 triunfos, totalizando um retrospecto de 15 vitórias e 15 derrotas, fechando a temporada na sétima colocação.

Apesar da campanha mediana, Franca finalizou a temporada regular como o terceiro melhor ataque do NBB (87.0 pontos anotados), muito graças à Lucas Dias, cestinha da competição com média de 23.3 pontos e um dos candidatos ao prêmio de MVP. O time de Helinho, contudo, é dono da terceira pior defesa da liga (83.5 pontos sofridos), o que explica a campanha inconstante da equipe paulista. Seguindo a linha de destaques individuais, vale frisar que Franca é a terceira equipe que mais distribuiu assistências, marca visivelmente alcançada devido a qualidade de Elinho, principal armador do elenco.

Foto: Luísa Xavier / Fortaleza Basquete Cearense

A parceria com o Fortaleza EC deu ao Basquete Cearense a oportunidade de almejar vôos mais altos no NBB após duas temporadas péssimas em resultados, mas marcadas também por dificuldades financeiras. Logo de início a equipe nordestina anunciou duas contratações de peso: Desmond Holloway e Lucas Bebê, além do retorno de Alberto Bial ao comando técnico. Eles se juntaram à uma base sólida, entrosada e com potencial. No decorrer do NBB 2020/21, o Fortaleza chegou a estar em alta, porém sofreu com uma série de lesões, incluindo a estrela Holloway, que dificultaram a vida da equipe no campeonato. Ao fim da primeira fase, o agora "CarcáLion" totalizou 14 vitórias e 16 derrotas, consolidando a décima posição na tabela.

Principal jogador do Fortaleza Basquete Cearense na temporada, Desmond Holloway colecionou grandes atuações vestindo a camisa do time nordestino e finalizou a edição do NBB como segundo cestinha da liga, anotando em média 20.2 pontos. Ofensivamente, o armador Dontrell Brite também foi um destaque positivo ao finalizar a época contribuindo com 14.3 pontos. Todavia, o brilho do FBC, foi, sem dúvidas defensivo. Os comandados de Alberto Bial terminaram a fase regular como a sexta melhor defesa da competição (78.5 pontos sofridos).

Os bons números coletivos da equipe, em especial nos rebotes (38.5), podem enganar, mas é inegável que o Fortaleza Basquete Cearense dependerá do brilho de suas peças individuais para conquistar uma eventual vitória na série diante do Franca. O conjunto de Alberto Bial vai precisar funcionar, pois só o calibre ofensivo de Desmond Holloway não será o suficiente.

Sesi Franca e Fortaleza tendem a protagonizar uma série interessante e, a primeiro momento, parelha. As semelhanças entre as equipes tornam o duelo ainda mais imprescindível. Apesar da expectativa de equilíbrio, os embates entre ambos os times na fase regular mostram o contrário: jogos com diferenças de 17 e 15 pontos no marcador. Na primeira partida, ainda em 2020, o elo Lucas Dias foi crucial na vitória francana por 98 a 81. O ala-pivô deixou o triunfo com 38 pontos anotados. Já no returno, os comandados de Alberto Bial fizeram um jogo coletivo impressionante e conquistaram o resultado positivo pelo placar de 84 a 69.

O Fortaleza Basquete Cearense vem de uma péssima sequência no Novo Basquete Brasil (NBB). Nos últimos sete jogos, o time do Ceará foi derrotado seis vezes. Todavia, a única vitória da equipe nessa maratona foi sobre Franca em uma atuação animadora, que infelizmente, para os nordestinos, tornou-se exceção. Vale ressaltar também que grande parte das derrotas recentes da equipe de Alberto Bial foram diante de times que figuram na primeira parte da tabela da competição. Franca, por sua vez, já viveu fases melhores, mas apesar da irregularidade, tem um retrospecto recente melhor que de seu adversário. Foram quatro vitórias nos últimos seis jogos, resultados que certamente garantiram ao time francano uma melhor colocação no NBB.

Mesmo com alguns números coincidindo, Franca e Fortaleza ainda possuem diferenças que podem vir a se tornar determinantes no resultado final. Entre elas, o aproveitamento na linha de três pontos. O time de Helinho aproveita 38% das tentativas no perímetro, já o de Alberto Bial apenas 30%. A vantagem também é francana nas bolas duplas, porém menos: 54% x 52%. Com grandes nomes na área pintada, a batalha pelos rebotes deve ganhar força nesse embate.

Em resumo, há um pequeno favoritismo voltado ao tradicional Sesi Franca de Lucas Dias e companhia. Entretanto, as chances do Fortaleza Basquete Cearense, de volta aos playoffs do NBB, surpreender estão longe de serem descartadas.

Palpite: Sesi Franca 2 x 1 Fortaleza Basquete Cearense

Jumper Brasil
Publicidade
Publicidade