PUBLICIDADE

Rudy Gobert é eleito melhor defensor da NBA pela terceira vez

Pivô francês do Utah Jazz desbanca Ben Simmons e Draymond Green

10 jun 2021 14h50
ver comentários
Publicidade

O pivô Rudy Gobert, do Utah Jazz, foi eleito o melhor defensor da NBA pela terceira vez na carreira. O anúncio foi feito pela liga na noite desta quarta-feira (9). Gobert, de 28 anos, levou a melhor sobre Ben Simmons, do Philadelphia 76ers, e Draymond Green, do Golden State Warriors, os outros finalistas do prêmio.

Rudy Gobert - toco em Marcus Morris - Clippers x Jazz - jogo 1
Rudy Gobert - toco em Marcus Morris - Clippers x Jazz - jogo 1
Foto: Adam Pantozzi / AFP / Jumper Brasil

O jogador francês, que havia sido eleito o melhor defensor em 2018 e 2019, se iguala a Dwight Howard no número de conquistas do prêmio. Acima deles estão apenas Ben Wallace e Dikembe Mutombo, com quatro eleições cada.

Em eleição feita com 100 jornalistas e profissionais de mídia dos EUA e Canadá, o pivô do Jazz recebeu 84 votos de primeiro lugar e contabilizou 464 pontos. O segundo mais votado foi Simmons, com 287 pontos. Green terminou em terceiro, com 76 pontos. Cinco pontos foram concedidos aos votos de primeiro lugar, três pontos ao segundo e um para o terceiro.

Na eleição anual feita pelo Jumper Brasil, junto com produtores de conteúdo de todo o país, Gobert ganhou 23 de 30 votos possíveis e também foi o vencedor.

Nesta temporada, Gobert foi o segundo da liga em média de tocos (2.7) e rebotes (13.5). Além disso, ele liderou a NBA em eficiência defensiva e em defensive win shares (número de vitórias produzidas por um jogador por conta de sua contribuição defensiva). O impacto do pivô francês foi tanto que, em 2020/21, o Jazz teve a terceira menor média de pontos sofridos (107.2) e a quarta melhor eficiência defensiva (108.3 pontos por 100 posses de bola).

Vale lembrar que, na última offseason, o pivô renovou o seu contrato com o Jazz pelas próximas cinco temporadas, no valor de US$205 milhões. Esse é o maior acordo já realizado para um jogador da posição na história da NBA.

Divulgação / NBA

Jumper Brasil
Publicidade
Publicidade