PUBLICIDADE

Basquete

Com cesta no último segundo, Franca bate Bonn e conquista título da Copa Intercontinental de basquete

24 set 2023 - 11h50
Compartilhar
Exibir comentários

Neste domingo, o Franca conquistou mais um título para sua sala de troféus. O maior vencedor do basquete brasileiro levou a Copa Intercontinental ao vencer o Telekom Baskets Bonn (Alemanha), no último segundo do último quarto, pelo placar de 70 a 69. O capitão Lucas Dias foi quem decidiu o confronto no apagar das luzes.

Foto: Reprodução/Twitter @FrancaBasquete / Gazeta Esportiva

Com o título intercontinental da Fiba, o Franca conquistou o troféu que faltava em sua prateleira. E claro que o melhor jogador da partida não poderia ter sido outro. Lucas Dias foi eleito o MVP, com 14 pontos, mas o pivô Márcio foi quem teve mais pontos, com 15 cestas.

O estadunidense David Jackson, de 41 anos, também foi muito importante para a conquista do Franca. Durante a decisão diante do Bonn, o ala-armador fez 12 pontos, distribuiu oito assistências e, dessa forma, levou o prêmio de melhor atleta da competição.

O Franca, que já tem 13 títulos nacionais, chegou também ao seu 13º troféu internacional. Durante a campanha, a equipe de basquete precisou vencer o Al Ahly (Egito), o G League Ignite (EUA) e, por último, o alemão Bonn, com muita emoção, para levantar o Intercontinental de basquete.

O jogo

No primeiro quarto, o domínio foi do Franca. Com a defesa bem postada, o Bonn não conseguiu criar muitas chances e o ataque do time brasileiro foi muito bem. Dessa forma, os primeiros dez minutos de partida acabaram com um resultado positivo no placar: 18 a 13.

No segundo quarto, a equipe da Alemanha melhorou muito e voltou bem mais ligada para o jogo. O Franca teve dificuldades em parar os contra-ataques do Bonn. No entanto, perto do intervalo, o clube do interior paulista conseguiu recuperar a confiança e empatou o marcador em 34 a 34.

O terceiro período foi praticamente uma repetição do primeiro. A partida seguiu bem disputada, mas o Franca tinha uma carta na manga que o Bonn não possuía. O argentino Scala foi fundamental para que o time brasileiro seguisse na frente do placar com sua cesta de três pontos, e o placar ao fim dos 30 minutos era de 58 a 50.

O último quarto, porém, foi sofrido para o Franca. O time perdeu a concentração e viu o Bonn aproveitar as chances para deixar tudo igual. Foi com um segundo faltando que o capitão Lucas Dias conseguiu um belo arremesso de dois pontos para dar o título ao clube paulista.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade