PUBLICIDADE

Basquete

Brasil avança na Copa do Mundo de basquete e agora tem parada dura contra Canadá e Letônia

Equipe se garante na 2º fase da competição com vitória contra a Costa do Marfim e sonha com vaga nos Jogos Olímpicos de Paris

30 ago 2023 - 09h43
(atualizado às 10h16)
Compartilhar
Exibir comentários

A seleção brasileira masculina de basquete sofreu mais do que o esperado, mas derrotou Costa do Marfim, por 89 a 77, nesta quarta, e garantiu vaga na próxima fase da Copa do Mundo. Jogando mais uma vez em Jacarta, na Indonésia, o time nacional oscilou ao longo da disputa, principalmente após lesão sofrida por Yago, porém soube administrar a vantagem conquistada no primeiro tempo e confirmou o favoritismo.

Yago foi o grande nome do Brasil na vitória contra a Costa do Marfim
Yago foi o grande nome do Brasil na vitória contra a Costa do Marfim
Foto: Divulgação FIBA / Estadão

Com o triunfo, o Brasil termina a primeira fase na segunda colocação do Grupo G, atrás da seleção espanhola. Os brasileiros somam duas vitórias e uma derrota, justamente para a favorita Espanha. Os resultados serão levados para a etapa seguinte, quando o time deverá ter dificuldades contra os favoritos Canadá e a Letônia. Serão quatro times na próxima fase. Os melhores passam. A outra equipe é a Espanha.

Pelo novo Grupo L, o primeiro desafio será contra a seleção canadense, na sexta-feira, às 10h30 (horário de Brasília). Os quatro times vão brigar por duas vagas nas quartas de final. Longe de brigar pelo título, a seleção brasileira está de olho na vaga olímpica para os Jogos de Paris-2024.

O Mundial vai conceder duas vagas para as Américas, para os dois melhores colocados do continente na competição. Ainda estão na briga, além do Brasil, Estados Unidos, Canadá, Porto Rico e República Dominicana. A seleção não disputa uma edição da Olimpíada desde os Jogos do Rio-2016.

Nesta quarta, o Brasil entrou em quadra como favorito, mas enfrentou mais dificuldades do que imaginava. A situação se complicou no terceiro quarto, depois de a seleção se impor ao longo do primeiro tempo. Yago sentiu dores no joelho direito, foi para o banco de reservas e viu a Costa do Marfim aproveitar sua ausência para reduzir a desvantagem.

Quando a situação parecia perigosa, o técnico Gustavo de Conti devolveu Yago para o jogo e o Brasil voltou a abrir frente, consolidando a vitória. O jogador foi o nome da partida, cestinha do duelo, com 24 pontos. E ainda terminou o jogo com um "double-double", por ter anotado 12 assistências também. Tim Soares registrou 15 pontos, enquanto Georginho contribuiu com 13. Bruno Caboclo, por sua vez, marcou 12. Pela equipe africana, o destaque individual foi Cédric Bah, autor de 13 pontos.

Yago foi o grande nome do Brasil na vitória contra a Costa do Marfim
Yago foi o grande nome do Brasil na vitória contra a Costa do Marfim
Foto: Divulgação FIBA / Estadão
Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade