0

Os 19 circuitos do Campeonato Mundial de Fórmula 1 em 2014

13 mar 2014
18h59
atualizado às 20h33

O Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2014 será disputado em 19 circuitos, alguns mais rápidos e mais perigosos que outros, mas que serão divididos em três categorias: urbanos, clássicos e modernos.

Segue a lista dos 19 circuitos da temporada, que começa neste domingo na Austrália:

1. Os circuitos urbanos (4): Melbourne (Austrália), Mônaco, Montreal (Canadá) e Singapura.

São todos circuitos temporários ou semipermanentes, nos quais a aderência da pista evolui ao longo da semana do Grande Prêmio, dificultando previsões, mas que proporcionam aos espectadores corridas emocionantes até a bandeirada final.

Melbourne (Albert Park), 16 de março (GP de Austrália):

Comprimento do Circuito: 5,3 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:24.125 (Schumacher 2004)

Vencedor em 2013: Raikkonen (Lotus) - Pole em 2013: Vettel (Red Bull)

Comprimento do Circuito: 3,3 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:14.439 (Schumacher 2004)

Vencedor em 2013: Rosberg (Mercedes) - Pole em 2013: Rosberg (Mercedes)

Montreal (Circuito Gilles-Villeneuve), 8 junho (GP de Canadá):

Comprimento do Circuito: 4,3 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:13.622 (Barrichello 2004)

Vencedor em 2013: Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Vettel (Red Bull)

Singapura (Marina Bay), 21 setembro (GP de Singapura):

Comprimento do Circuito: 5 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:48.574 (Vettel 2013)

Vencedor em 2013: Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Vettel (Red Bull)

2. Os circuitos clássicos, alguns deles 'míticos' (9): Barcelona (Espanha), Spielberg (Áustria), Silverstone (Reino Unido), Hockenheim (Alemanha), Budapeste (Hungria), Spa-Francorchamps (Bélgica), Monza (Itália), Suzuka (Japão), Interlagos (Brasil).

São os últimos bastiões da Fórmula 1 antiga, circuitos nos quais foram disputadas corridas lendárias, vencidas por pilotos valentes que, nos primórdios da modalidade, desafiavam a morte a cada vez que sentavam no carro. Grande parte destes traçados está na Europa.

Barcelona (Circuito da Catalunha), 11 de maio (GP de Espanha):

Comprimento do Circuito: 4,6 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:21.670 (Raikkonen 2008)

Vencedor em 2013: Alonso (Ferrari) - Pole em 2013: Rosberg (Mercedes)

Spielberg (Red Bull Ring), 22 de junho (GP de Áustria):

Comprimento do Circuito: 4,3 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:08.337 (Schumacher 2003)

Volta ao calendário com uma pista reformada

Silverstone, 6 de julho (GP da Grã Bretanha):

Comprimento do Circuito: 5,8 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:33.401 (Webber 2013)

Vencedor em 2013: Rosberg (Mercedes) - Pole em 2013: Hamilton (Mercedes)

Hockenheim, 20 de julho (GP de Alemanha):

Comprimento do Circuito: 4,5 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:13.780 (Raikkonen 2004)

Vencedor em 2013 (Nürburgring): Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Hamilton (Mercedes)

Budapeste (Hungaroring), 27 de julho (GP de Hungria):

Comprimento do Circuito: 4,3 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:19.071 (Schumacher 2004)

Vencedor em 2013: Hamilton (Mercedes) - Pole em 2013: Hamilton (Mercedes)

Spa-Francorchamps, 24 de agosto (GP de Bélgica):

Comprimento do Circuito: 7 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:47.263 (Vettel 2009)

Vencedor em 2013: Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Hamilton (Mercedes)

Comprimento do Circuito: 5,7 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:21.046 (Barrichello 2004)

Vencedor em 2013: Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Vettel (Red Bull)

Comprimento do Circuito: 5,8 km -Volta mais rápida durante uma corrida: 1:31.540 (Raikkonen 2005)

Vencedor em 2013: Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Webber (Red Bull)

Interlagos, 9 de novembro (GP de Brasil):

Comprimento do Circuito: 4,3 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:11.473 (Montoya 2004)

Vencedor em 2013: Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Vettel (Red Bull)

3. Os circuitos modernos, alguns deles futuristas (6): Sepang (Malásia), Sakhir (Bahrein), Xangai (China), Sochi (Rússia), Austin (EUA), Yas Marina (Abu Dabi).

São circuitos recentes desenhados pelo especialista alemão Hermann Tilke, muito seguros para os pilotos, com amplas áreas de escape. Estes GPs, porém, sofrem muitas vezes com a ausência de espectadores.

Comprimento do Circuito: 5,5 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:34.223 (Montoya 2004)

Vencedor em 2013: Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Vettel (Red Bull)

Comprimento do Circuito: 5,4 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:30.252 (Schumacher 2004)

Vencedor em 2013: Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Rosberg (Mercedes)

Comprimento do Circuito: 5,4 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:32.238 (Schumacher 2004)

Vencedor em 2013: Alonso (Ferrari) - Pole em 2013: Hamilton (Mercedes)

Comprimento do Circuito: 5,8 km - Novo circuito, no parque olímpico dos Jogos de Inverno

Austin, 2 de novembro (GP de Estados Unidos):

Comprimento do Circuito: 5,5 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:39.347 (Vettel 2012)

Vencedor em 2013: Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Vettel (Red Bull)

Yas Marina, 23 de novembro (GP de Abu Dabi):

Comprimento do Circuito: 5,5 km - Volta mais rápida durante uma corrida: 1:40.279 (Vettel 2009)

Vencedor em 2013: Vettel (Red Bull) - Pole em 2013: Webber (Red Bull)

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade