PUBLICIDADE

F1: Verstappen controla pressão de Norris e vence em Ímola

Max Verstappen larga da pole, lidera de ponta a ponta e segura pressão de Lando Norris nas voltas finais para vencer. Leclerc fecha o pódio

19 mai 2024 - 11h42
Compartilhar
Exibir comentários
Max Verstappen no GP de Ímola
Max Verstappen no GP de Ímola
Foto: Red Bull / Twitter

E deu Max Verstappen mais uma vez. Mas sem a facilidade de outrora. Em um fim de semana em que a McLaren se mostrou tão rápida quanto a Red Bull – se não ligeiramente mais rápida -, o holandês precisou ralar para terminar no topo. Foi assim no sábado, quando tirou um coelho da cartola no final da classificação para superar os dois carros da equipe laranja, e foi assim novamente na corrida.

Verstappen largou bem, se segurou à frente e chegou a abrir uma vantagem confortável para Norris ao longo da prova. Mas, no final da corrida, o tricampeão começou a sofrer com os pneus e viu o britânico crescer em seu retrovisor. A distância, que chegou a 8 segundos, caiu para menos de 1 na volta final. Mas não houve tempo para um duelo aberto na pista. Vitória de Verstappen, Lando Norris em 2º.

A Ferrari também teve ritmo similar ao de Red Bull e McLaren, e conseguiu terminar a corrida com Charles Leclerc no pódio. Resultado interessante, mas abaixo do que sonhavam os tifosi que lotavam as arquibancadas do Autódromo Enzo e Dino Ferrari...

Oscar Piastri, Carlos Sainz, Lewis Hamilton, George Russell, Sergio Perez, Lance Stroll e Yuki Tsunoda fecharam o top 10 e levaram pontos para casa.

Confira no detalhe como foi o GP da Emília-Romanha de 2024:

PRÉ-CORRIDA – Os pneus médios foram a opção da grande maioria dos pilotos. Só Perez, Zhou e Sargeant escolheram os duros, enquanto Gasly (15º) e Alonso, largando dos boxes, partiram com os compostos macios.

LARGADA – A corrida começou limpa, sem incidentes na largada e com todos os ponteiros mantendo suas posições. No top 10, apenas Tsunoda perdeu duas posições, sendo superado por Hamilton e Hulkenberg.

VOLTA 07/63 – Os carros do pelotão de trás que, vinham em estratégia diferente, começam a parar para trocar pneus: Gasly, Bottas, Alonso e Albon. Todos com compostos duros.

08/63 – Piastri coloca pressão em Sainz e tenta tomar o 4º lugar.

09/63 – Albon fica lento na pista e se arrasta em direção aos boxes. O problema é que um de seus pneus não fora bem fixado na parada anterior.

10/63 – Piastri segue no ataque, mas Sainz se defende bem.

12/63 – Ricciardo troca os médios pelos duros.

13/63 – Uma volta depois, Tsunoda faz o mesmo.

Lando Norris no GP de Ímola
Lando Norris no GP de Ímola
Foto: McLaren / Twitter

18/63 – Perez erra a freada da Rivazza e vai passear na brita, perdendo tempo precioso.

22/63 – Russell troca os pneus médios pelos duros.

23/63 – Norris, 2º, coloca pneus duros. Russell, com pneus novos, supera Ocon.

24/63 – Enquanto Piastri faz sua parada para calçar pneus duros, Norris ultrapassa Perez na pista.

25/63 – Verstappen sai provisoriamente da liderança da prova ao parar nos boxes. Piastri passa Stroll na pista, comprovando que os pneus novos fazem muita diferença sobre os antigos.

26/63 – Leclerc troca os pneus e volta 5 segundos atrás de Norris e preso em Perez, que vinha em estratégia diferente.

Hamilton comete erro na curva Acqua Minerale.

27/63 – Leclerc passa Perez. Duas curvas depois, Piastri também supera o mexicano.

28/63 – Os líderes virtuais da prova, Sainz e Hamilton, vão aos boxes. O espanhol, que segurava Piastri na pista, voltou 5 segundos atrás do australiano, com Perez entre eles.

Fora da zona de pontuação, Sargeant se via ultrapassado por Tsunoda e Hulkenberg.

30/63 – Sainz despacha Perez e assume o 5º posto.

31/63 – Perez sobre mais uma ultrapassagem, dessa vez de Russell.

33/63 – Tsunoda passa Zhou e sobe ao 11º lugar.

37/63 – Perez continua se arrastando na pista com seus pneus duros gastos. Dessa vez, É Hamilton quem o supera.

38/63 – Finalmente, a Red Bull chama Perez para colocar pneus médios. Ele volta à pista em 11º.

41/63 – Perez começa sua escalada ao superar Ricciardo e Hulkenberg.

42/63 – O mexicano despacha Tsunoda e chega ao 8º lugar. Hamilton, o 7º, tem longos 30 segundos de vantagem sobre o piloto da Red Bull.

Leclerc entra na zona de DRS e parte para o ataque sobre Norris, em briga pelo 2º lugar.

48/63 – Leclerc comete erro na chicane e perde contato com Norris.

49/63 – Magnussen passa Zhou e é o 15º.

Charles Leclerc na classificação em Ímola
Charles Leclerc na classificação em Ímola
Foto: Ferrari / Twitter

51/63 – Embalado, Magnussen supera Ocon.

52/63 – Verstappen reclama de seus pneus. Norris começa a se aproximar do líder.

53/63 – Russell para novamente, perdendo posição para Hamilton.

55/63 – Albon recolhe para a garagem, após corrida para esquecer.

57/63 – A distância entre Verstappen e Norris, que chegou a 8 segundos, cai para 1s5.

62/63 – Norris fica a 1s0 e ainda sonha com um ataque a Verstappen na volta final.

63/63 – Finalmente Norris entra no intervalo de 1 segundo, mas não há mais zona de DRS para tentar um bote.

Verstappen vence o GP da Emília-Romanha, 0s725 à frente de Lando Norris. Charles Leclerc termina em 3ª, completando o pódio.

Parabólica
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade