PUBLICIDADE

Esposa de Schumacher vive como 'prisioneira' há 10 anos, diz amigo

Eddie Jordan, ex-chefe de automobilismo, destacou esforços de Corinna para manter a privacidade do heptacampeão alemão.

23 mar 2023 - 13h23
(atualizado às 14h02)
Compartilhar
Exibir comentários
Michael Schumacher
Michael Schumacher
Foto: Caren Firouz/Reuters / Caren Firouz/Reuters

A esposa de Michael Schumacher, Corinna, estaria vivendo um estilo de vida que se assemelha ao de uma "prisioneira" para conseguir manter a privacidade do ex-piloto da Fórmula 1, que se afastou da vida pública após sofrer um acidente grave esquiando com na França, em 2013.

As declarações foram dadas por Eddie Jordan, fundador da equipe Jordan e amigo de Michael Schumacher. Eddie deu a primeira grande oportunidade ao Schumacher na F1 com a Jordan Grand Prix em 1991. 

"Faz quase dez anos e a Corinna não pôde ir a uma festa, um almoço, isso ou aquilo. Ela é como uma prisioneira, porque todos iriam querer falar com ela sobre Michael, quando ela não precisa de lembretes a cada minuto", disse em entrevista ao The Sun.

Em outro trecho da entrevista, Jordan revelou que Corinna restringe as visitas a Michael Schumacher apenas aos familiares e amigos próximos. 

"A privacidade é um aspecto tão vital para o esporte, negócios e sua vida pessoal que Corinna estabeleceu algumas regras; eu a conheço muito bem e muito antes de Michael Schumacher. Ela é uma garota adorável e eu a conheci quando ela se casou com Michael, então há uma longa história de boas relações."

No dia 29 de dezembro de 2013, Schumacher sofreu lesões graves ao se chocar com um rocha enquanto esquiava nos Alpes Franceses, na França.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade