PUBLICIDADE

Brasileiros Luppi e Justo sofrem problema e perdem liderança do Dakar nos UTVs

Rodrigo Luppi e Maykel Justo perderam pouco mais de 1h na especial deste domingo em razão de problemas mecânicos e caíram para quinto na classificação geral dos UTVs. A liderança voltou a ficar com Austin Jones e Gustavo Gugelmin

9 jan 2022 13h11
ver comentários
Publicidade
Rodrigo Luppi e Maykel Justo terminaram a especial de domingo mesmo após problemas
Rodrigo Luppi e Maykel Justo terminaram a especial de domingo mesmo após problemas
Foto: MCH Photo / Grande Prêmio

O QUE QUEREMOS VER NA PRÓXIMA TEMPORADA DE 'DRIVE DO SURVIVE'?

Rali Dakar 2022 - sétima etapa

Riad - Al Dawadimi

Deslocamento: 299 km

Trecho cronometrado: 402 km

Percurso total: 701 km

A abertura da segunda metade da disputa do Dakar 2022 nos UTVs foi muito difícil para a dupla brasileira formada por Rodrigo Luppi e Maykel Justo. A tripulação liderava a competição na classificação geral da categoria, mas enfrentou um duro revés ao longo da especial deste domingo (9), com 402 km de trecho cronometrado entre Riad e Al Dawadimi, na Arábia Saudita. Os brasileiros enfrentaram um problema mecânico no UTV Can-Am e perderam pouco mais de uma hora, perdendo também a liderança do maior rali do mundo. Luppi e Justo completaram a etapa apenas em 21º e caíram de primeiro para quinto lugar no geral.

A etapa foi novamente de grande êxito para a Polônia, que marcou mais uma dobradinha na disputa dos UTVs. Aron Domzala, ao lado de Maciej Marton, terminou a especial com tempo total de 4h00min56s, somente 22s à frente dos compatriotas Michal Goczal e Szymon Gospodarczyk. A disputa em si nesta especial foi muito apertada, e prova disso é que o veterano espanhol Gerrard Farres Guell, ao lado do navegador Diego Ortega, terminou somente a 42s do tempo da dupla vencedora do domingo, na terceira posição.

Marek Goczal, irmão de Michal, terminou o dia em quarto ao lado de Lukasz Laskawiec, enquanto a dupla formada pelo lituano Rokas Baciuska e pelo espanhol Oriol Mena completou o top-5 da etapa.

Austin Jones e Gustavo Gugelmin voltaram à liderança do Dakar nos UTVs (Foto: Gigi Soldano/DPPI/ASO)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A tripulação do UTV #401, formada pelo norte-americano Austin Jones e o brasileiro Gustavo Gugelmin terminou em décimo lugar na especial, com 16min21s de atraso para a dupla líder da etapa. Na cronometragem provisória da especial, Luppi e Maykel Justo terminaram em 21º lugar, com colocação ainda a ser atualizada, com 59min55s de déficit para Domzala e Marton.

Um incidente inusitado e, por sorte, nada grave, marcou a especial. O protótipo leve dos italianos Marco Carrara e Enrico Gaspari se chocou de frente com o UTV dos russos Sergei Kariakin e Anton Vlasiuk. Por sorte, nenhum dos competidores sofreu lesões.

Na classificação geral, Jones e Gugelmin voltam à liderança do Dakar 2022 nos UTVs e agora têm 5min11s de frente para Michael Goczal e Szymon Gospodarczyk. Farres Guell e Diego Ortega seguem próximos, com 6min33s de atraso para a dupla líder da competição, enquanto Baciuska e Mena aparecem em quarto. Luppi e Justo agora estão em quinto e com 36min38s de atraso para a ponta da tabela.

Acidente inusitado marcou a etapa deste domingo no Dakar (Foto: Gigi Soldano/DPPI/ASO)

Seth Quintero segue brilhando nos Protótipos Leves. 'Chaleco' lidera

O jovem Seth Quintero, norte-americano de 19 anos, segue a brilhar na edição 2022 do Dakar. Na disputa da classe dos Protótipos Leves, o piloto faturou nada menos que a sua sexta especial dentre as sete já realizadas neste ano. Entretanto, Quintero está completamente fora da luta pelo título em razão da quebra que sofreu na segunda etapa.

Desta forma, Quintero segue no Dakar com uma meta clara: quebrar o recorde de mais vitórias em especiais numa mesma edição do maior rali do mundo.

Seth Quintero cravou a sexta vitória em sete especiais no Dakar (Foto: Florent Godden/DPPI/ASO)

Neste domingo, Quintero e seu navegador, o alemão Dennis Zenz, travaram uma luta dura contra a espanhola Cristina Gutiérrez, que corre ao lado do navegador francês François Cazalet. A dupla terminou em segundo, a 5min11s de Quintero e Zenz, enquanto o duo russo formado por Pavel Lebedev e Kirill Shubin concluiu em terceiro, 11min51s atrás dos líderes.

Grande favorito ao título depois do revés sofrido por Quintero, Francisco 'Chaleco' López Contardo concluiu a especial na quarta posição ao lado do compatriota, o navegador chileno Juan Pablo Vinagre. A tripulação sul-americana fechou a disputa do dia com 12min47s de atraso para os ponteiros, enquanto os espanhóis Santiago Navarro e Marc Sola completaram a relação dos cinco primeiros.

A vantagem de 'Chaleco' e Vinagre para a dupla segunda colocada é enorme na classificação geral. Os chilenos lideram a disputa dos Protótipos Leves com 1h24min05s de frente para Sebastian Eriksson e Wouter Rosegaar, que concluíram a especial de domingo só em 14º. Cristina Gutiérrez e Cazalet estão em terceiro no geral, mas distantes 2h12min40s da liderança da competição.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade