PUBLICIDADE
Logo do

Athletico Paranaense

Favoritar Time

STJD pune Atlético-PR com perda de 12 mandos; Vasco recebe sanção de 8

13 dez 2013 - 16h44
(atualizado às 17h12)
Ver comentários
Publicidade
<p>Briga chocou o país pela violência do confronto entre os torcedores</p>
Briga chocou o país pela violência do confronto entre os torcedores
Foto: Cleber Yamaguchi/Agência Eleven / Gazeta Press

Em longa sessão, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu, nesta sexta-feira, punir o Atlético-PR com a perda de 12 mandos de jogo, enquanto o Vasco da Gama foi sancionado com oito partidas longe do próprio estádio por causa das brigas em Joinville. Ambas as equipes terão que cumprir metade da punição com portões fechados para os torcedores. As agremiações já disseram, logo após o resultado do julgamento, que irão recorrer na segunda-feira. 

Além das perdas de mando, as equipes também receberam pesada multa da instituição. Enquadrado em mais artigos, o Atlético-PR recebeu um total de R$ 140 mil do STJD, enquanto o Vasco da Gama terá que pagar R$ 80 mil pelas atitudes da sua torcida na partida fora de casa, que acabou com o rebaixamento do clube carioca. 

Outros três denunciados pela procuradoria e envolvidos diretamente no jogo em Joinville foram absolvidos por maioria de votos. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro foi absolvido por unanimidade pelo STJD. Já as federações de Santa Catarina e Paraná foram declaradas inocentes nos artigos em que foram enquadradas - contudo, não por unanimidade, já que parte dos votantes pediu muita de R$ 20 mil para ambas as instituições. 

<p>Vasco ter&aacute; que jogar oito jogos fora de casa - metade deles tamb&eacute;m ser&aacute;&nbsp;com port&otilde;es fechados</p>
Vasco terá que jogar oito jogos fora de casa - metade deles também será com portões fechados
Foto: Cleber Yamaguchi/Agência Eleven / Gazeta Press

As equipes foram a julgamento no STJD por causa da pancadaria que torcedores de ambos os times promoveram nas arquibancadas da Arena Joinville, onde a partida era disputada, com apenas 10min de bola rolando. A partida ficou paralisada por uma hora e 17 minutos, o que também levou o árbitro a julgamento. Após o confronto, três torcedores foram internados em estado grave - o último torcedor do Atlético-PR recebeu alta nesta sexta. A polícia segue à procura de identificar todos os envolvidos. 

Veja o voto dos envolvidos na sessão do STJD:

Relator Wanderley Godoy: absolveu o árbitro Ricardo Marques Ribeiro, absolveu as duas federações, não interditou a Arena Joinville, ao Atlético-PR: multa de R$ 50 mil no artigo 191 ("deixar de cumprir ou dificultar o cumprimento de medidas para garantir a segurança dos torcedores antes, durante e após a realização da partida"), já em relação ao artigo 213 ("por deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens na praça de desporto, além de atirar objetos no gramado"), puniu com perda de 12 mandos de campo com multa de R$ 120 mil, sendo metade delas com portões fechados. Vasco da Gama: perda de oito partidas de mando, sendo metade com os portões fechados. Multa de R$ 80 mil. 

<p>Atlético-PR, mandante do jogo, perdeu 12 mandos de campo - metade deles com portões fechados</p>
Atlético-PR, mandante do jogo, perdeu 12 mandos de campo - metade deles com portões fechados
Foto: Giuliano Gomes / Gazeta Press
Auditor Lucas Rocha Lima: absolveu o árbitro, absolveu as federações, não interditou a Arena Joinville, absolveu o Atlético-PR do artigo 191, mas puniu no artigo 213 com perda de 12 mandos de campo com multa de R$ 120 mil. Acompanhou também o relator com perda de oito mandos para o Vasco da Gama e multa de R$ 80 mil. Metade dos mandos perdidos também serão com portões fechados. 

Marcelo Coelho, terceiro votante: absolveu o árbitro, deu multa de R$ 20 mil para ambas as federações, ao Atlético-PR aplicou multa de R$ 20 mil no primeiro artigo e pediu a interdição da Arena Joinville até que se resolva o problema das grades de evacuação da torcida visitante. Ao Atlético-PR, aplicou perda de mando de campo de 12 partidas (metade com portões fechados) e multa de R$ 120 mil. Já ao Vasco pediu oito perdas de mando, sendo quatro com portões fechados, e multa de R$ 80 mil. 

Presidente da sessão Paulo Bracks, último votante: absolveu o árbitro, condenou as federações em R$ 20 mil, pediu pena de 12 mandos de campo ao Atlético-PR, todos com portões fechados e oito ao Vasco da Gama, todos com portões fechados,.

Resultado final: Atlético-PR perde 12 mandos de campo, metade com portões fechados, Vasco sofre pena de perda oito mandos de campo, metade com portões fechados. Atlético-PR recebeu multa total de R$ 140 mil, enquanto o Vasco de R$ 80 mil. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro foi absolvido. assim como as federações. A Arena Joinville não foi interditada pelo STJD. 

Veja fotos e vídeos da pancadaria em Joinville: 

Torcidas de Atlético-PR e Vasco se enfrentam em Joinville:

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade