1 evento ao vivo

Sede atleticana amanhece pichada: “queremos raça”

24 abr 2014
14h00
atualizado às 14h29
  • separator
  • 0
  • comentários

Assustados com a postura do Atlético-MG na derrota para o Nacional pelas oitavas de final da Copa Libertadores, torcedores atleticanos picharam a sede do clube, na região centro-sul de Belo Horizonte. O time perdeu por apenas 1 a 0, mas o melhor em campo foi o goleiro Victor que evitou um placar mais elástico.

<p>Torcida atleticana pede a saída do treinador Paulo Autuori e de Ronaldinho</p>
Torcida atleticana pede a saída do treinador Paulo Autuori e de Ronaldinho
Foto: Marcellus Madureira / Terra

O local amanheceu rabiscado com xingamentos ao clube, ao treinador Paulo Autuori e ao meia Ronaldinho. Logo no início da manhã desta quinta-feira, quem passou pela Avenida Olegário Maciel, em Belo Horizonte, acompanhou que ao lado da entrada onde torcedores podem ver as taças do clube estava escrito: “Queremos raça”. Em outro local, bem próximo ao primeiro rabisco, os vândalos criticaram o treinador e o craque do Atlético-MG. “Fora Autuori e R10”.

As manifestações atleticanas também aconteceram na internet. Pelas redes sociais os torcedores criticaram a postura do time em campo e pediram a demissão do treinador. O nome do comandante atleticano, inclusive, foi um dos mais falados do Twitter Brasil.

Horas mais tarde o técnico Paulo Autuori foi demitido. Ele nunca foi unanimidade entre os torcedores do Atlético-MG. Desde o anúncio da saída de Cuca para o futebol chinês e a contratação do novo treinador para a substituição, os atleticanos lamentaram. Os cartolas alvinegros, porém, não deram atenção para a voz das arquibancadas e confirmaram.

Atlético-MG foi derrotado na Libertadores e está em crise
Atlético-MG foi derrotado na Libertadores e está em crise
Foto: Marcellus Madureira / Terra

Nas primeiras partidas o técnico foi duramente criticado. Durante a primeira parte da Copa Libertadores e do Campeonato Mineiro a pressão aliviou e o treinador teve mais tempo para trabalhar. Os últimos jogos contra o Cruzeiro, Zamora, Corinthians e Nacional, com atuações ruins, entretanto, fizeram com que a ira dos atleticanos voltasse, pois o Atlético-MG se mostra dentro de campo com excesso de sonolência, falta de raça e poucas finalizações.

Fonte: Marcellus Madureira Rodrigues de Oliveira - ME - Especial para o Terra Marcellus Madureira Rodrigues de Oliveira - ME - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade